Volta à Europa em 10 romances

O Dia da Europa celebra-se todos os anos no dia 9 de maio,
em honra da data, em 1950, em que o francês
Robert Schuman propôs a criação de uma Europa organizada,
unida e em paz. A União Europeia, entretanto criada,
conta atualmente com 28 estados-membros: Alemanha,
Áustria, Bélgica, Bulgária, Croácia, Chipre, Dinamarca, Eslováquia,
Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, França, Grécia, Holanda,
Hungria, Irlanda, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malta,
Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, Roménia e Suécia.

dia-europa-revista-estante-fnac

Viajar pela Europa e viver as maiores aventuras sem sair de casa? Claro que é possível. Para aproveitar da melhor forma este Dia da Europa, basta munir a estante com alguns dos romances que te sugerimos. Onde queres ir primeiro?


morrer-sozinho-em-berlim

ALEMANHA

Morrer Sozinho em Berlim

Hans Fallada

No início da Segunda Guerra Mundial, um casal alemão recebe a notícia da morte do filho e decide revoltar-se contra Hitler e o seu impiedoso regime. Uma perspetiva pouco habitual sobre um dos períodos mais conturbados de sempre na história da Alemanha – e do mundo.


Morte-em-Viena

ÁUSTRIA

Morte em Viena

Daniel Silva

O célebre espião e restaurador de arte Gabriel Allon desloca-se à cidade de Viena com uma missão: descobrir o que levou a um bombardeamento que feriu um velho amigo seu. Mas esta é apenas a ponta de um icebergue de segredos por revelar em plena capital austríaca.


A-Obra-ao-Negro

BÉLGICA

A Obra ao Negro

Marguerite Yourcenar

Zenão nasce em Bruxelas, no seio de uma família rica, em época renascentista. Mas não se conforma com o destino que lhe é reservado e parte para se descobrir a si próprio e ao que lhe esconde o resto do seu país. Um dos romances mais elogiados de Marguerite Yourcenar.


Inverno-em-Madrid

ESPANHA

Inverno em Madrid

C. J. Sansom

No ano de 1940, Espanha vive a incerteza de uma eventual associação às forças de Hitler na Segunda Guerra Mundial. Em simultâneo, quatro vidas aparentemente distintas interligam-se em missões que envolvem amantes desaparecidos e negócios de ouro obscuros.


A-Year-in-the-Merde-Um-Ano-em-Franca

FRANÇA

A Year in the Merde – Um Ano em França

Stephen Clarke

Um inglês é recrutado para ajudar a lançar uma cadeia de salões de chá em França, apenas para descobrir que as diferenças culturais lhe tornam a vida muito complicada. Um romance divertido que ajuda a conhecer França através da perspetiva reprovadora de um estrangeiro.


A-Ilha

GRÉCIA

A Ilha

Victoria Hislop

Neste romance histórico, uma jovem viaja para a ilha de Spinalonga, na Grécia, em busca de desvendar os segredos dos seus antepassados. Mas a história com que se depara é mais trágica do que esperava, até porque a ilha onde se encontra costumava ser uma colónia para leprosos.


um-quarto-com-vista-estante-fnac

ITÁLIA

Um Quarto com Vista

E. M. Forster

Mais um exemplo de um país que nos é apresentado em romance através da nem sempre aceitante perspetiva britânica. A inglesa Lucy Honeychurch conduz-nos por Florença – e Roma – numa comédia social que é também uma história de desenvolvimento emocional.


As-Altas-Montanhas-de-Portugal

PORTUGAL

As Altas Montanhas de Portugal

Yann Martel

Neste romance em três partes escrito pelo autor de A Vida de Pi, acompanhamos a busca por um valioso crucifixo, um mistério protagonizado por um médico patologista e a curiosa história de um senador canadiano e o seu chimpanzé. Tudo em terras lusitanas.


Ja-Entao-a-Raposa-Era-o-Cacador

ROMÉNIA

Já Então a Raposa era o Caçador

Herta Müller

Uma professora, uma operária fabril e um músico tentam sobreviver na Roménia nos últimos dias de governação do ditador Nicolae Ceaușescu. Mas, mesmo após a revolução e queda do regime, a ameaça continua a pairar sobre eles.


A-Princesa-de-Gelo

SUÉCIA

A Princesa de Gelo

Camilla Läckberg

Uma escritora decide regressar a Fjällbacka, a sua cidade natal, para preparar uma biografia sobre a autora sueca Selma Lagerlöf. Descobre, no entanto, que a aparente tranquilidade da comunidade esconde uma perturbadora história de suicídio. Ou será de assassinato?


Por: Tiago Matos

Gostou? Partilhe este artigo: