Silviano Santiago vence Prémio Oceanos

Silviano Santiago é o vencedor do Prémio Oceanos, substituto do Prémio Portugal Telecom na distinção de obras literárias escritas em língua portuguesa. O escritor brasileiro de 79 anos foi distinguido com um prémio de 100 mil reais (cerca de 24 mil euros) graças ao romance Mil Rosas Roubadas, centrado nas memórias de vida de dois amigos.

Ao contrário do que acontecia com o Prémio Portugal Telecom, o Prémio Oceanos não está dividido em categorias, optando por distinguir os quatro primeiros colocados entre todas as obras concorrentes. Assim, a organização anunciou também que Elvira Vigna foi a segunda classificada com o livro Por Escrito, Alberto Mussa foi o terceiro com A Primeira História do Mundo, e Glauco Mattoso ficou em quarto lugar com Saccola de Feira.

Entre os finalistas do Prémio Oceanos, encontravam-se também o brasileiro Chico Buarque, por O Irmão Alemão, e o português Valter Hugo Mãe, por A Desumanização.

Gostou? Partilhe este artigo: