A religião vai abrir o Festival Literário de Belmonte

Imagem: Facebook “Diáspora – Festival Literário de Belmonte”

Diáspora, festival literário de Belmonte, inicia a sua segunda edição na próxima sexta-feira, 20 de novembro e termina no domingo, dia 22.

A abrir o certame vai ter lugar uma conversa subordinada ao tema “Em Nome de Deus”, que depois dos atentados em Paris se torna ainda mais atual. Jaime Nogueira Pinto, Nuno Tiago Pinto e Pedro Mexia vão debater os conflitos e narrativas deste século e a forma como a política tende a “ultrapassar” a religião. Ao longo do fim de semana, serão várias as mesas de debate, conferências, visitas a escolas e exposições em espaços relacionados com a história da vila de Belmonte, conhecida por ligar o interior de Portugal à diáspora judaica e às memórias de Vera Cruz.

O festival literário vai ainda contar com as presenças de Afonso CruzAndréa Zamorano, Carlos Lourenço, Catarina Sobral, Gabriela Canavilhas, Inês PedrosaJoão Paulo CuencaJorge Serafim, Maria João Lourenço, Maria Manuel VianaMário CláudioTiago Patrício e Vasco Gargalo. O programa vai abordar a relação entre Portugal e o Brasil, o conceito de cidade literária e as armadilhas da criação nesta época de mercado comum da literatura.

Consulte aqui o programa do Diáspora – Festival Literário de Belmonte.

Gostou? Partilhe este artigo: