Prémio Literário Eça de Queiroz não foi atribuído

Fotografia: Wikimedia Commons

O Prémio Literário Eça de Queiroz foi anulado, na sua primeira edição, por decisão conjunta da Fundação Eça de Queiroz e da Câmara Municipal de Baião.

As duas instituições decidiram não avançar com a atribuição do prémio ao vencedor, Eduardo César, com a obra O Céu dos Invisíveis, justificando que o trabalho violou o regulamento do concurso, nomeadamente a regra referente à obrigatoriedade de não apresentação a outros concursos literários.

Os organizadores mantêm, no entanto, a atribuição de uma menção honrosa a Bárbara Lia Soares, pela obra As Filhas de Manuela.

Gostou? Partilhe este artigo: