Prémio Goldsmiths anuncia finalistas

Já são conhecidos os finalistas da terceira edição do Prémio Goldsmiths, que tem como objetivo distinguir obras de ficção particularmente inovadoras, que “quebram os moldes ou abrem novas possibilidades à forma do romance”.

Os finalistas deste ano são Adam Thirlwell (Lurid & Cute), Kevin Barry (Beatlebone), Magnus Mills (The Field of the Cloth of Gold), Max Porter (Grief is the Thing with Feathers), Richard Beard (Acts of the Assassins) e Tom McCarthy (Satin Island). A lista de obras destacadas inclui um policial onde se tenta descobrir o assassino de Jesus Cristo, um romance parcialmente narrado por um corvo e uma aventura protagonizada por John Lennon.

Eimear McBride, com A Girl is a Half-Formed Thing, e Ali Smith, com How to Be Both, foram as vencedoras das edições anteriores. O autor distinguido este ano com o prémio no valor de 10 mil libras será anunciado a 11 de novembro.

Gostou? Partilhe este artigo: