Viagens na Minha Terra: Portugal ainda é um país romântico?


5 curiosidades sobre…

Almeida Garrett

  1. Nasceu João Leitão da Silva e só aos 19 anos adotou os apelidos Almeida Garrett.
  2. O seu primeiro casamento, quando tinha 23 anos, foi com uma jovem de 14.
  3. Viveu em Portugal, França e Inglaterra.
  4. Promoveu a fundação do atual Teatro Nacional D. Maria II.
  5. Chegou a ser ministro dos Negócios Estrangeiros.

Almeida Garrett capturou o país numa obra que inovou na estrutura e se tornou um dos principais destaques do Romantismo português.

Originalmente publicado em folhetim entre 1845 e 1846, Viagens na Minha Terra é uma das influentes obras de Almeida Garrett. Parte narrativa de viagem e parte história de amor, reflete a época que se vivia em Portugal e algumas das suas figuras mais características.


Personagens

Narrador                                                                       

O próprio Almeida Garrett poderá ser este personagem que, na primeira parte do livro, viaja de Lisboa até Santarém a fim de melhor conhecer as paisagens de Portugal. É nesta viagem que se familiariza com a história de Carlos e Joaninha.

Joaninha

Esta bela (mas ingénua) rapariga vive com a avó, Dona Francisca. Quando o primo Carlos chega da guerra, descobre o amor.

Carlos

Ex-combatente da Guerra Civil, é o protagonista de um intenso romance com Joaninha, supostamente a sua prima. Isto apesar de já ter uma noiva na Inglaterra.

Frei Dinis

Outrora um homem rico, visita regularmente a casa de Joaninha para lhe trazer notícias sobre Carlos, sobre o qual guarda um segredo perturbante.


Primeiras frases

“Que viaje à roda do seu quarto quem está à beira dos Alpes, de inverno, em Turim, que é quase tão frio como São Petersburgo – entende-se. Mas com este clima, com este ar que Deus nos deu, onde a laranjeira cresce na horta, e o mato é de murta, o próprio Xavier de Maistre, que aqui escrevesse, ao menos ia até o quintal.”


Gostou? Partilhe este artigo: