Paulo Coelho: o hippie que vende milhões

 

Paulo Coelho

Naturalidade
Rio de Janeiro, Brasil

Data de nascimento
24 de agosto de 1947

Primeiro livro publicado
O Teatro na Educação (1974)

 

 

 

 

image

Hippie

O-Alquimista

O Alquimista

Veronika-Decide-Morrer

Veronika Decide Morrer

 

paulo-coelho-revista-estante-fnac

O autor de O Alquimista tem um novo livro. Hippie é, em grande parte, autobiográfico e permite-nos conhecer em maior profundidade a vida de Paulo Coelho.

Paulo é um jovem brasileiro com um sonho: ser escritor. Em pleno ano de 1970, deixa crescer o cabelo, parte numa viagem de autodescoberta e descoberta do mundo, apaixona-se por Karla e juntos vão de Amesterdão até ao Nepal no famoso Magic Bus. Pelo caminho, vivem uma intensa história de amor, conhecem outros viajantes, absorvem outras culturas e, consequentemente, vão sofrendo transformações profundas na forma como encaram a vida.

Será isto ficção ou realidade? Na verdade, ambas. Esta é a história do mais recente – o vigésimo! – livro de Paulo Coelho, Hippie, embora seja também um retrato autobiográfico. A obra é narrada na terceira pessoa, mas o protagonista não deixa de ser Paulo Coelho, numa altura em que o lema de vida era “sexo, drogas e rock n’ roll”.

O autor transporta-nos para o período pós-Woodstock, período áureo da geração hippie que queria paz e liberdade acima de tudo e que desafiava a política e os comportamentos da sociedade. É o livro ideal para quem procura aventura, reflexões filosóficas e, claro, saber mais sobre a vida de Paulo Coelho.


“Um livro é um filme que se desenrola na mente do leitor. É por isso que vamos ao cinema e dizemos: ‘Oh, o livro é melhor.”

Paulo Coelho

Com 70 anos de idade, o autor brasileiro tem uma vida repleta de altos e baixos e de grandes, grandes obras literárias. Ou não fosse o escritor de língua portuguesa mais vendido de todos os tempos. Se – antes ou depois de leres Hippie– quiseres percorrer os seus livros mais emblemáticos, estes são aqueles que deves ter em conta:

  • O Alquimista (1988)
    É um dos livros mais vendidos de sempre. Conta-nos a história de Santiago, um pastor andaluz que decide vender o seu rebanho para rumar ao deserto do Egito em busca de um tesouro que – corriam rumores – estaria enterrado debaixo das pirâmides. O que verdadeiramente importa não é o desfecho, mas sim o percurso de Santiago e as pessoas com quem se cruzou – entre elas, é claro, um alquimista. Foram mais de 150 milhões de exemplares vendidos em 80 idiomas.
  • Veronika Decide Morrer (1998)
    A par de Hippie, talvez a obra que mais bebe da vida real de Paulo Coelho. Isto porque a personagem principal, a jovem eslovena Veronika, é levada para um hospital psiquiátrico a momentos de se suicidar, acabando por conhecer pessoas e histórias complexas e impressionantes. Qual é a ligação ao autor? É que ele próprio passou por várias crises de depressão, acabando por ser internado numa instituição psiquiátrica três vezes, entre os 15 e os 17 anos.

“As lágrimas são palavras que precisam de ser escritas.”

Paulo Coelho

Os livros de Paulo Coelho continuam a ser tão relevantes que três deles estão prestes a ganhar uma nova vida no pequeno ecrã. Brida, O Demónio e a Senhorita Prym e A Bruxa de Portobello vão dar origem a uma série televisiva produzida nos Estados Unidos, ainda sem título ou data de estreia anunciados. Quanto aos livros, muitos estão para vir.

Gostou? Partilhe este artigo:

 

Por: Carolina Morais
Fotografia: Niels Akermann

Gostou? Partilhe este artigo: