Os filmes também vêm nos livros

revista-estante-filmes-para-criancas-que-sao-livros

Sempre foi muito próxima a relação entre literatura e cinema. Pelo meio de incontáveis adaptações ao grande ecrã – algumas boas, outras nem por isso – nasceu o eterno mantra de que o livro é sempre melhor que o filme. Ainda assim, as gerações mais novas acabam com frequência por estabelecer no cinema o primeiro contacto com as histórias. Não é de estranhar: hoje em dia, os cineastas são quase mais rápidos do que os próprios escritores. Já para não falar que muitas crianças preferem o imediatismo da sétima arte ao aparentemente prolongado processo da leitura. Mas, tal como o cinema se aproveita do sucesso de certos livros, não poderá também o contrário acontecer e, através de um filme, motivar-se uma criança para a leitura? Faça a experiência com estes filmes.

Por Mariana de Araújo Barbosa
Ilustração: Richard Câmara

O Principezinho

A estreia em Portugal ainda não tem data marcada mas já é certo que não passa deste ano a chegada aos cinemas da adaptação em 3D do clássico de Antoine de Saint-Exupéry. Produzido em França, o filme é realizado por Mark Osborne e conta a história do pequeno príncipe através de uma menina e do seu vizinho aviador. Esta é a primeira vez que o livro de Saint-Exupéry dá origem a um filme de animação, no entanto não é o primeiro filme baseado na obra do escritor: em 1974, por exemplo, Stanley Donen realizou uma adaptação com Gene Wilder como raposa.


Cinderela

A mais recente adaptação deste clássico conto de fadas ao cinema conta com Lily James no papel de Cinderela e é assinado pela Disney, com realização de Kenneth Branagh. Se os seus filhos apreciaram a história, dê-lhes a ler uma das várias edições do conto de Charles Perrault. A história vale a pena, garantem os especialistas.


Pan

Voltar à Terra do Nunca e reviver as aventuras e desventuras de Peter Pan, Wendy e Capitão Gancho está a pouco tempo de se concretizar.

Afinal, estreia em outubro uma nova versão cinematográfica do clássico literário de J. M. Barrie, com Levi Miller no papel principal. Se entretanto quiser recordar a história original, a obra de Barrie está editada em Portugal.


As Aventuras de Paddington

É possível que os seus filhos tenham ficado fãs de Paddington, o pequeno urso vindo do Peru, sempre vestido com uma gabardine, graças à recente comédia animada As Aventuras de Paddington, realizada por Paul King. No entanto, este curioso personagem nasceu nos livros de Michael Bond. Se os seus filhos gostaram do filme, apresente-lhes Um Urso Chamado Paddington e O Regresso de Paddington, publicados pela Editorial Presença. Vão adorar.


Como Treinares o Teu Dragão

Quando Cressida Cowell publicou, em 2003, o livro Como Treinares o Teu Dragão, provavelmente não imaginava que a história pudesse servir de mote a pelo menos três filmes. É que, depois dos êxitos de 2010 e de 2013, está a ser preparado um terceiro baseado na história das corridas de dragões.

Astrid, Escarreta e o resto do grupo divertem-se com as corridas. Hiccup e Desdentado têm de trabalhar juntos para defender aquilo em que acreditam e percebem que só juntos conseguirão mudar o futuro de homens e dragões. Os filmes são produzidos pelo mesmo estúdio de Shrek, Madagáscar e O Panda do Kung Fu.


Os Monstros das Caixas

O livro escrito e ilustrado por Alan Snow conta a história dos habitantes de Ponte de Queijais, uma cidade povoada por endinheirados que são apaixonados por queijos exóticos. No entanto, debaixo da cidade, em cavernas subterrâneas, vivem os monstros das caixas. Odiados pelos habitantes da superfície, que acreditam que lhes podem fazer mal, roubar- lhes as crianças ou – pior ainda – os queijos, os monstros são, na verdade, divertidos e adoráveis trapalhões que usam caixas de cartão reciclado da mesma forma que as tartarugas usam as carapaças. A história muda quando um menino órfão é encontrado e adotado pelos monstros, que lhe passam a chamar Ovos. Se as suas crianças gostaram do filme, vão adorar o livro.

O que está para vir


Pinóquio
Depois de A Bela e o Monstro, Branca de Neve e Cinderela, é a vez de Pinóquio ganhar vida e passar uma vez mais das páginas do livro escrito por Carlo Collodi, em 1883, para a tela do cinema mais próximo. A Disney tem apostado na adaptação de histórias que já foram contadas em ani- mações para filmes com atores de carne e osso. Pinóquio, o menino de madeira que ganha vida e cujo nariz cresce a cada mentira, é o próximo a tornar-se real. O filme deverá começar a ser produzido ainda este ano, mas por enquanto não se conhece data de estreia para Portugal. Enquanto os seus filhos esperam, ofereça-lhes o clássico literário original.
O Livro da Selva
A história de Mogli, o órfão criado por lobos na selva, e das suas aven- turas com Balu e Baguera, vai ser de novo adaptada. Depois da versão da Disney, estreada em 1967, é a vez de passar os personagens da ficção para a realidade. Uma nova adaptação do livro de Rudyard Kipling está a ser realizada por Jon Favreau e tem estreia marcada para 2016. A adaptação conta com estrelas como Scarlett Johansson, Christopher Walken, Ben Kingsley, Idris Elba e Lupita Nyong’o, mas os mais novos não têm de esperar tanto tempo para conhecer a história, já que esta se encontra editada em Portugal.
Arrepios
Os 176 livros de terror pensados e escritos para miúdos por R. L. Stine fazem parte de muitas estantes portuguesas. Depois das adaptações à televisão Arrepios passa finalmente a filme, com estreia mundial marcada para 23 de março de 2016, de acordo com a Columbia Pictures. Enquanto as suas crianças se preparam para o filme realizado por Rob Letterman, com Jack Black no principal papel, dê-lhes a conhecer alguns dos livros desta que é a segunda coleção mais vendida do mundo (a seguir a Harry Potter), como Sarilhos Serpentinos!, Os Meus Amigos Chamam-me Monstro ou Sorri… Pela Última Vez.


Gostou? Partilhe este artigo: