Não arrumes os livros durante as férias de verão

Depois de um ano inteiro de aulas e trabalhos de casa, cabe aos pais não deixarem que os miúdos arrumem os livros durante as férias de verão.

O que à partida pode parecer uma tarefa complicada é, na realidade, bastante simples. O segredo para que os mais novos ocupem algum tempo das suas férias com leituras resume-se a conhecer os livros certos para cada criança. Podem ser livros de atividades, livros de aventuras ou até mesmo manuais (diferentes dos escolares, é claro). Para que não se perca no meio de tantas páginas, deixamos aqui algumas sugestões dirigidas aos mais pequenos e ordenadas por idades.


ATÉ AOS 3 ANOS


Este Livro Está a Chamar-te, Não Ouves?

É claro que nestas idades os miúdos ainda não sabem ler, mas os livros já chamam por eles. No meio destas páginas há uma voz que sussurra insistentemente, despertando a atenção dos mais pequenotes para um mundo novo. Mas para onde é que ela nos quer levar? O destino ainda não é certo, mas sabe-se que pelo caminho havemos de descobrir o verdadeiro valor da amizade e tudo o que é preciso para fazermos um amigo. A interatividade é a palavra-chave num livro onde as aventuras são construídas pelos próprios leitores.


João e o Pé de Feijão

Quem não conhece a história de um menino que, ao plantar um pequeno feijão, descobre o caminho para um maravilhoso mundo mágico? As aventuras podem estar mais perto do que se julga. As do João começaram mesmo no quintal da sua casa. Através de pop-ups, janelas e texturas, partimos à descoberta das coisas que nos rodeiam. Mais uma vez a interatividade é o ponto central de uma história que se conta a partir das pontas dos dedos.


DOS 4 AOS 6 ANOS


Amigos do Peito

A viagem começa num bairro como o nosso, com casas como as nossas e pessoas como as que vemos todos os dias. À medida que vamos avançando, há um menino que nos quer falar sobre os seus amigos. Os amigos do peito que também se parecem com os nossos. Com aqueles amigos da casa do lado que partilham connosco as brincadeiras mais inimagináveis. Um texto poético para refletirmos sobre a importância da amizade e a alegria que é podermos sair para a rua e desfrutarmos da companhia de um amigo.


 Como Tomar Conta de um Avô

Para aqueles que passam as férias escolares na casa dos avós, o verão passa a ter uma responsabilidade acrescida. Como é que durante três meses vão conseguir tomar conta do avô sozinhos? Aqui têm um verdadeiro manual de como o entreter com as suas atividades favoritas. Desde o que fazer durante um passeio até aos petiscos e brincadeiras que ele mais gosta, aqui encontram as melhores dicas para se tornarem num babysitter perfeito. E se ficarem com a avó? A solução é simples. O livro Como Tomar Conta de uma Avó vai ajuda-los a manter a matriarca da família ocupada. Seja com bolinhos de canela ou a jogar às escondidas, de certeza que a avó não se vai aborrecer nestas férias de verão.


 

DOS 7 AOS 9 ANOS


Um Saltinho a Lisboa

As férias não são para ficar fechado em casa. São a altura perfeita para sair para a rua e descobrir o que está para lá da janela do quarto. As grandes cidades estão sempre carregadas de histórias e Lisboa não é exceção. Rosa, a guia turística, vai em viagem pela capital, página a página, ajudando os mais pequenos a descobrirem os segredos por trás de cada rua, praça ou monumento. No final, aproveitem para irem todos juntos visitar os locais que a Rosa apresentou e deixem que o pequenote seja o guia desta viagem pela História. 


Lá Fora: Guia para Descobrir a Natureza

Incentive o seu filho a saltar do sofá e a encarnar o papel de um verdadeiro explorador. Descobrir aquilo que se esconde à vista de todos pode ser uma atividade fascinante para ocupar os três meses de férias. A fauna e a flora estão por todo o lado. Mesmo nas grandes cidades vão ser capazes de fazer grandes descobertas. Mas não o deixe ir sozinho. Juntem-se pais e filhos e sigam as sugestões que este livro vos dá para, em conjunto, contemplarem o mundo que existe “lá fora”.


 

MAIS DE 10 ANOS


As Aventuras de Tom Sawyer

As aventuras deste pequeno rapaz e do seu amigo Huckleberry Finn já inspiraram várias gerações. Arrojado mas preguiçoso, curioso mas pouco adepto de estudar, Tom Sawyer é capaz de arranjar mil e uma desculpas para se escapar aos seus deveres. A natureza é o seu mundo. É no meio dos rios, das grutas e das florestas que se sente livre e é lá que vive as maiores e mais inacreditáveis aventuras. Tom é um hino à liberdade e ao prazer de ser criança. Um livro universal que vai fazer com que as crianças desejem nunca pertencer ao mundo aborrecido dos adultos. 


O Meu Pé de Laranja Lima

Nem todos os meninos têm a sorte de nascer numa família que lhes dê a atenção e o carinho que eles merecem. Zezé nasceu numa família muito pobre cuja única preocupação é conseguir sobreviver a cada dia que passa. Como forma de fugir à dureza da realidade, este rapaz toma por confidente um pé de laranja lima a que chama Xururuca. É a este que conta os seus sonhos e desejos, arranjando força para ultrapassar as adversidades. Um livro que nos mostra que a alegria de viver pode estar nas coisas mais improváveis.


Por: Andreia Vaz

Gostou? Partilhe este artigo: