Na Opinião de Ricardo Monteiro

Tem 33 anos e está na Fnac há 11, o que significa que passou aqui um terço da vida. Que leituras nos recomenda Ricardo Monteiro?

Diz que o que o atraiu inicialmente no mundo dos livros foram “as infinitas possibilidades de viajar, de sentir e até de existir através deles”. Gosta de banda desenhada e de ficção estrangeira contemporânea — da qual destaca nomes como Jonathan Coe, Joël Dicker e Michael Chabon. Também confessa “um fraquinho” pelo gótico sulista de autores como Flannery O’Connor ou Cormac McCarthy. “Não são necessariamente dos géneros que têm mais saída, mas felizmente ainda existem editores em Portugal que têm feito o esforço de disponibilizar estes e outros autores aos nossos leitores”, explica.

A atual função de Ricardo na Fnac também passa por dar a conhecer novas leituras e universos aos portugueses, ou não fosse o responsável pela gestão de toda a gama de livros importados e banda desenhada das lojas. Mas nos últimos dois anos a responsabilidade de Ricardo Monteiro foi outra: a coordenação da revista Estante. “Foi um dos projetos mais gratificantes em que já estive envolvido”, sublinha. “Foi com grande orgulho que vi nascer e crescer uma revista que prima pela qualidade gráca e de conteúdos, que veio ajudar à democratização da leitura em Portugal.” Não o diríamos melhor.


E o Burro Viu o Anjo

Tive a oportunidade de ler este livro no mesmo local onde foi escrito, na Berlim Ocidental onde Nick Cave viveu durante a maior parte da segunda metade da década de 80. E o Burro Viu o Anjo reflete a existência atormentada do seu criador durante esses anos e a sua obsessão pela Bíblia. Já perdi a conta às vezes que o reli desde então.
Autor: Nick Cave
Editora: Alfaguara

The Amazing Adventures of Kavalier & Clay

Um cruzamento inesperado entre a era dourada da banda desenhada, o misticismo judaico e as repercussões do nazismo nos EUA. Um romance épico que depressa elevou Michael Chabon ao estatuto de Great American Novelist. Foi com este livro que comecei a descobrir os novos autores norte-americanos.
Autor: Michael Chabon
Editora: Fourth Estate

As Célticas

Até pegar neste livro pela primeira vez, nunca tinha nutrido verdadeiramente qualquer interesse por banda desenhada. Mas o fascínio que as aventuras de Corto Maltese exerceram sobre a minha imaginação foi imenso e guardo-o até hoje. Também foi aqui que encontrei um dos grandes amores da minha adolescência: Banshee O’Dannan.
Autor: Hugo Pratt
Editora: Meribérica/Líber

Fotografia: Bruno Colaço/4SEE

Gostou? Partilhe este artigo: