Na Opinião de Joana Gonzalez

Apesar de todas as tarefas que tem, na sua cabeça está na Fnac “principalmente a namorar os livros”. Joana Gonzalez, 29 anos, é livreira na loja de Almada desde 2015.

O que a atraiu em primeiro lugar ao mundo dos livros? “Na infância, a capacidade de espicaçar o meu imaginário já de si sonhador. Na idade adulta, a convergência da ficção com a realidade, que leva a um questionamento constante”, conta Joana Gonzalez.

Poder cruzar-se diariamente com pessoas que gostam de ler e, com sorte, despertar novos aficionados por livros, é o que mais gosta no trabalho que faz diariamente: “É gratificante saber que alguém sem hábitos de leitura passou a fazê-lo graças à minha sugestão ou ser chamada por um cliente que apenas quer ser atendido pela pessoa que lhe recomenda sempre livros que lhe agradam.”

Joana tem também um blogue, As Histórias de Elphaba, onde procura cativar mais pessoas para a leitura. “Antigamente era apenas um hobby que exercia através do blogue. Agora passei a fazê-lo também enquanto trabalho.”


“A capacidade de espicaçar o meu imaginário foi o que me atraiu no mundo dos livros”


As Aventuras de Alice no País das Maravilhas

Se em criança me …fascinava a estranheza do universo de Wonderland, …foi já em mulher que a sua multiplicidade se entranhou em mim. O humor singular de Carroll, as magní…ficas ilustrações e a criatividade que revela ao descrever as …façanhas de Alice são motivo mais que ef…etivo para constar entre os meus eleitos. No entanto, se f…or mais longe e re…letir sobre as questões de identidade da protagonista, a sua indef…inição enquanto humana, as metamor…foses que so…fre durante a história e o seu medo perante o desconhecido, creio que este é def…initivamente um livro especial, tanto nas aventuras como na f…ilosof…ia dos diálogos.
Autor: Lewis Carroll
Editora: Relógio D’Água

A Bruxa de Oz

Acompanhando a minha metamor…fose de menina para mulher, para lá de me …fascinar com a nova vida conf…erida a um clássico inf…antil, Maguire distanciou-me da ilusória noção de perf…eição e tornou palpável um conto de …fadas com ironias cruéis. Com esta história cimentei a minha consciência social e humana entre o extraordinário e apaixonei-me pelo caráter, imagem e símbolos que a protagonista, Elphaba, representa.
Autor: Gregory Maguire
Editora: Casa das Letras

Frankenstein

Esta obra é um verdadeiro cocktail para …fãs de literatura, em particular aqueles que pretendam conhecer as origens da …ficção científ…ica e perceber a sua capacidade de …fazer o leitor encarar a realidade humana. Com um protagonista que é simultaneamente herói e anti-herói, Shelley o…ferece-nos uma narrativa gótica com três modelos retóricos – romance epistolar, narrativa de viagem/aventuras e narrativa autobiográf…ica – que poderá agradar a um público mais alargado enquanto suscita o debate de questões éticas sempre atuais. É uma história que me conquistou pela improvável mas complexa verosimilhança e que me levou a querer ler sempre mais dentro deste género literário.
Autora: Mary Shelley
Editora: Asa

Gostou? Partilhe este artigo: