O melhor livro que podes oferecer aos teus avós

Há quem diga que ser avô ou avó é ser pai ou mãe pela segunda vez, por isso deves dar-lhes mimos a dobrar. A FNAC sugere que os leves numa viagem à terra das memórias e lhes aqueças o coração com histórias de avós e netos.


ja-a-minha-avo-sabia

Já a Minha Avó Sabia

Erin Bried

“No meu tempo não havia nada disso e a gente desenrascava-se à mesma!” Quem nunca ouviu as avós suspirarem algo semelhante a isto? No caso de Erin Bried, até a capacidade para cozinhar uma tarte de morangos e ruibarbo (como a que a avó fazia) se tinha perdido. Eis que, entre outros hábitos esquecidos, Já a Minha Avó Sabia recupera a arte de tratarmos de nós próprios sem recurso a máquinas, comida pré-feita ou outros intermediários. Os conselhos de 10 avós que sobreviveram à Grande Depressão – uma grave crise económica que começou na década de 1930, nos Estados Unidos – são eternizados neste livro.


frasco-memorias

O Frasco das Memórias: Avós e Netos

Isabel Stilwell

Mais um livro ao estilo “faça-você-mesmo”. Mãe de três e avó de quatro, a experiência com sete crianças no seio familiar culmina com o lançamento deste livro por parte da jornalista e escritora portuguesa Isabel Stilwell. Depois de ter publicado, em 2015, Diário de uma Avó Galinha e, em 2016, a sequela de Histórias Para os Avós Lerem aos Netos, a fundadora da revista Pais & Filhos ensina a preparar uma tarde no spa, a montar um acampamento no jardim, a organizar uma busca de insetos, entre outras atividades.


nosso-avo-guerra

O Nosso Avô Foi à Guerra

Clemente Rogeiro e Nuno Rogeiro

Tirar a sorte. Era assim que, correntemente, se chamava à inspeção forçosa para os homens com mais de 18 anos no tempo em que o serviço militar era obrigatório. As histórias dos avós que escaparam à tropa (e a forma como o fizeram) são muito comuns mas, neste livro, Nuno e Clemente Rogeiro reconstroem através dos diários do avô a história de um dos primeiros militares a entrar nas trincheiras, em Ferme du Bois. Pouco mais de um ano e meio depois de se alistar, Joaquim Simões Costa foi para França ao serviço de Portugal na Primeira Guerra Mundial.


avo-pede-desculpa

A Minha Avó Pede Desculpa

Fredrik Backman

Quando somos pequenos, os avós inventam as histórias mais fantásticas para nos obrigar a comer, a lavar os dentes ou a completar um número infinito de obrigações que a nós – crianças – nos parecem chatas. No caso de Elsa, a avó cria um mundo alternativo (a Terra-de-Quase-Acordar) para a ajudar a lidar com o bullying. A menina de 7 anos, perdida no meio do divórcio dos pais, da chegada de um meio-irmão e da vida atribulada na escola, sente-se ainda mais sozinha quando a avozinha morre e Elsa descobre o sentido do título do livro – a quem tem a avó de pedir desculpas?


eu-minha-avo

Eu e a Minha Avó!

Alison Ritchie e Alison Edgson

Porque o melhor presente é dar – em vez de receber – mais do que um livro para oferecer aos avós, Eu e a Minha Avó! podia ser um presente para os netos. O conto infantil sobre as brincadeiras da avó e do bebé urso oferecem a desculpa perfeita para adormecer os netos com uma carinhosa história de embalar.


Por: Tatiana Trilho

 

Gostou? Partilhe este artigo: