Manuel Alegre

Manuel Alegre

Naturalidade:
Águeda, Portugal

Data de nascimento:
12 de maio de 1936

Primeiro livro publicado:
Praça da Canção (1965)

Manuel Alegre de Melo Duarte nasce no seio de uma família com antepassados ligados à política e desenvolve desde cedo um interesse por esta área. Enquanto estudante de Direito, na Universidade de Coimbra, associa-se aos grupos de oposição à ditadura do Estado Novo. Inicia-se, em paralelo, nas letras com a publicação de diversos poemas em revistas e coletâneas da época.

Aos 26 anos é chamado a cumprir serviço militar, o que o conduz primeiro aos Açores e depois a Angola. Na então colónia africana dirige uma tentativa de revolta militar, mas acaba preso pela PIDE e é na cadeia que conhece escritores como José Luandino Vieira, António Jacinto e António Cardoso. Acaba eventualmente por sair para o exílio em Argel e, nos dez anos que por lá passa, publica os primeiros livros de poesia, que são, no entanto, apreendidos pela censura. Regressa a Portugal após o 25 de Abril de 1974. Mantém-se, ao longo dos anos, bastante ativo na vida política, essencialmente como deputado. Em 2006, candidata-se sem sucesso à Presidência da República.

A carreira literária evoluiu em paralelo. Publica livros de poesia, romances e obras infantis. É distinguido com vários prémios: As Naus de Verde Pinho vence o Prémio de Literatura Infantil António Botto, Senhora das Tempestades o Prémio da Crítica Literária e o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, A Terceira Rosa o Prémio Fernando Namora e Doze Naus o Prémio D. Dinis. Obtém ainda, pelo conjunto da sua obra, o Prémio Pessoa, em 1999.

Gostou? Partilhe este artigo:

 

Gostou? Partilhe este artigo: