Livros para os teus ouvidos

musica-revista-estante-fnac

Sabias que Bruce Springsteen escreveu um livro infantil? E que Patti Smith tinha a ambição de ser escritora? Deixamos-te algumas sugestões de livros sobre música recentemente publicados.


born-to-run-revista-estante-fnac

The Boss

Sabias que Bruce Springsteen escreveu um livro infantil, que já levou a sua mãe ao palco de um concerto e que até foi homenageado por Barack Obama? Nos anos 60 foi apelidado de The Boss e é assim reconhecido em todo o mundo até aos dias de hoje. A sua autobiografia, Born to Runo mesmo nome que o do seu mais emblemático álbum – relata a vida do músico: a infância, a adolescência, a relação dolorosa com o pai, a sonho do rock e os constantes períodos de depressão. Springsteen abre a porta aos bastidores da sua vida para que os fãs possam saber mais sobre a pessoa por trás do músico.


gnr-revista-estante-fnac

A pronúncia do Norte

São 35 anos de carreira de uma das bandas mais icónicas do pop português em 250 páginas. A leitura de GNR – Onde Nem a Beladona Cresce é aconselhada num divã ou até mesmo… numa duna. Os GNR, banda formada por Rui Reininho, Jorge Romão e Tóli César Machado, podiam ter sido os Trompas de Falópio – um dos nomes pensados para a banda. A opção acabou por recair em GNR, uma das muitas histórias que o livro nos conta. Algumas mais amargas, como quando a banda foi afastada dos palcos na cidade do Porto enquanto Rui Rio esteve à frente da autarquia, e outras mais felizes, que os fazem continuar a marcar presença nos palcos.


m-train-revista-estante-fnac

A madrinha do punk

Uma chávena de café, a cidade que nunca dorme e um bloco de notas. É assim que começa o mais recente livro de memórias de Patti Smith, M Train. Editado na sua versão original no outono de 2015, a edição portuguesa chegou-nos em maio deste ano. Neste livro, Patti, cuja ambição sempre fora dedicar-se à escrita, fala da sua relação com Fred “Sonic” Smith, que morreu em 1994. São muitos os pensamentos desordenados e as histórias de viagens, das memórias e dos livros. Em todas elas há a presença do fantasma da perda e da solidão. Um livro transparente e honesto.


miuda-da-banda-revista-estante-fnac

A miúda dos Sonic Youth

Ao contrário de Patti Smith, o livro de Kim Gordon, baixista e vocalista dos Sonic Youth, tem pouco de romântico e muito de abrupto. A Miúda da Banda é um livro de memórias de um símbolo de uma geração e de uma das mulheres pioneiras do rock. A autobiografia começa com o último concerto da banda no Brasil, uma história de 30 anos que acabou quando Gordon e o marido Thurston Moore se separaram. O livro fala do seu percurso profissional, das ambições, da família, do que passou enquanto única mulher numa banda de rock. Sempre com um toque feminista muito subtil.


loud-quadro-honra-revista-estante-fnac

Em jeito de compilação

A revista Loud!, focada em rock e metal, foi aos arquivos e procurou ressuscitar os discos mais icónicos da música pesada portuguesa. A equipa da publicação falou com os intervenientes, juntou muitos deles pela primeira vez em muitos anos e investigou as origens de cada música, os processos que levaram à sua criação e outras estórias que ficaram por contar. Loud!: Quadro de Honra desvenda a história do movimento underground português, em primeira mão, através de alguns dos seus principais protagonistas.


Por: Catarina Sousa

Gostou? Partilhe este artigo: