8 livros para mostrares à tua mãe o quanto gostas dela

dia-da-mae-livros-estante-fnac

O tempo em que os professores te ajudavam a preparar um desenho para ofereceres no Dia da Mãe é que era bom, certo? Não tinhas de te preocupar com o que ias dar, já estava tudo pensado. Mas não te preocupes: fazemos o mesmo por ti e ajudamos-te a escolher o presente ideal para a melhor mãe do mundo.

D. Maria II

D. Maria II 

Isabel Stilwell

És filho único ou tens poucos irmãos e mesmo assim a tua mãe costuma dizer que lhe dão muito trabalho? Em tua defesa, podes apresentar-lhe a história de D. Maria II, que, apesar de ter tido 11 filhos, ainda arranjou tempo para reconquistar o trono de Portugal depois de o seu tio – e noivo – ter instaurado um regime absolutista no país. É verdade que há 200 anos a realeza tinha ajuda a cuidar das crianças, mas a última rainha a governar o país por direito até ficou conhecida como “a educadora” e “a boa mãe” dado o empenho na educação dos filhos. Acabou por morrer no parto do seu último filho, com apenas 34 anos. “Se morrer, morro no meu posto”, dizia.


Duas irmãs Um Rei

Duas Irmãs, Um Rei

Philippa Gregory

O sonho de todas as mães é que os seus filhos se deem bem. Isto, claro, depois de terem saúde e de serem felizes para sempre. Por esse motivo, ver duas irmãs à luta pelo mesmo homem despedaçaria o coração de qualquer mãe. Mas quando a disputa é pelo Rei Henrique VIII de Inglaterra, conhecido pelo fim trágico que impôs a algumas das suas mulheres, as consequências podem ser mais graves. E a corte inglesa da época estava recheada de jogos de sedução e competição. Apesar disso, quando as irmãs Bolena lá põem os pés pela primeira vez, apenas veem maravilhas. E o rei. O resto é História.


Arrume-a-Sua-Casa-Arrume-a-Sua-Vida

Arrume a Sua Casa, Arrume a Sua Vida

Marie Kondo

As mães são conhecidas por guardar tudo o que é dos filhos: os primeiros brinquedos, babygrows, desenhos. Mas chega a um ponto em que tanta “tralha” acumulada pode deixar de trazer felicidade, razão pela qual, segundo Marie Kondo, se deve guardar um determinado objeto. A autora dá o exemplo das roupas: escolher uma, emoldurá-la e colocá-la na parede. Assim, de cada vez que as mães passarem por ela, vão sentir mais alegria do que se estivesse arrumada numa gaveta – e só podem escolher um número limitado de peças para guardar. Um bom conselho para dares à tua mãe juntamente com as outras dicas que esta especialista em arrumação japonesa partilha neste livro.


Um Gim Tónico Para a Mamã

Um Gim-Tónico Para a Mamã 

Gill Sims

Se achas que deste trabalho à tua mãe quando eras novo, então ainda não conheces a Jane e o Peter, dois irmãos que gostam de provocar incêndios e levam esta mãe à loucura. Ela bem tenta manter-se calma. “Este ano consigo aguentar tudo!”, pensa para si, neste livro. Afinal, não quer repetir a desgraça do ano anterior em que acabava sempre com o copo de uma bebida alcoólica qualquer na mão, no fim do dia, para relaxar. Mas a verdade é que as “as mães bebem e dizem asneiras”, como admite Gill Sims – também ela mãe de dois filhos. Um retrato sarcástico da maternidade que mostra que as mães não têm de ser perfeitas, doces e pacientes a toda a hora. De vez em quando, precisam mesmo de uma bebida.


Uma Gaiola de Ouro

Uma Gaiola de Ouro

Camilla Läckberg

Ser mãe pode tornar-se um trabalho a tempo inteiro. Apesar de o panorama “pai no trabalho e mãe em casa” ser um cenário cada vez mais raro, Faye – a personagem principal deste livro – apercebe-se que não tem nada quando esta realidade se estilhaça. A partir desse momento, a sua vida passa a ser regida pelo amor que tem pela filha e pela sede de vingança contra o ex-marido. Até que percebe que os dois objetivos podem coexistir. E, como se diz em bom português, pode matar dois coelhos com uma só cajadada.


Recomeça

Recomeça

Sofia Castro Fernandes

Ver os filhos saírem de casa pode ser uma altura complicada para as mães. Representa uma importante mudança na rotina. Eventualmente o fim das conversas diárias. Se a tua mãe está a atravessar esta fase, considera oferecer-lhe Recomeça, o novo livro de Sofia Castro Fernandes. Apesar de a autora defender que não é preciso uma grande mudança para recomeçarmos, este livro apresentará à tua mãe nove conselhos úteis para aplicar na sua vida. É que, embora tendamos a recusar a mudança, “todos os dias temos a oportunidade de fazer alguma coisa diferente, sobretudo por nós”, esclarece a autora numa entrevista. Até podes aproveitar para escrever esta frase na dedicatória do livro.


A Educação de Eleanor

A Educação de Eleanor

Gail Honeyman

Por muito que nos custe admitir, por vezes as mães têm uma grande influência em várias situações da nossa vida. No caso de Eleanor, uma inadaptada social, foi no momento de escolher o amor da sua vida. Quando o viu “simplesmente soube”. Isto porque “vestia um fato de três peças, com o botão de baixo do colete desabotoado”, o sinal de um verdadeiro cavalheiro. Afinal, a mãe sempre lhe disse que deixar o último botão da camisa por abotoar era sinal de um homem “sofisticado e elegante, da classe e posição social apropriadas”. E é este romance platónico que faz com que Eleanor comece a questionar o sentido da sua vida.


Coracao-de-Mae

Coração de Mãe

Isabel Minhós Martins e Bernardo Carvalho

Todo nós passámos por aquela fase em que é o pai (ou outro membro da família) que compra o presente para oferecermos no Dia da Mãe. Acontece quando somos pequenos. Se és um desses pais, uma boa estratégia pode ser oferecer um livro que mãe e filho (ou filha) possam ler em conjunto. Como este. Com 32 páginas ilustradas, Isabel Minhós Martins explica o que acontece ao coração de uma mãe – “um lugar mágico onde acontecem as mais extraordinárias das coisas” – enquanto os filhos crescem. Uma história enternecedora sobre a maternidade, ilustrada com o estilo característico de Bernardo Carvalho.

Por: Tatiana Trilho

Gostou? Partilhe este artigo: