Os livros que inspiraram os grandes filmes do século XXI

Desafiados pela BBC, 177 críticos de cinema elegeram os 100 melhores filmes do século XXI. A Estante fez o trabalho de casa por ti e apresenta-te os livros que inspiraram algumas destas produções da sétima arte.


9789727089796

Este País Não É Para Velhos

Cormac McCarthy

Diretamente das terras áridas do Texas chega-nos um dos mais surreais assassinos de sempre, Anton Chigurh, que não sabe sequer o significado da palavra “piedade”. Adaptado em 2007 pelos irmãos Coen, este livro relata a perseguição a que um homem é sujeito depois de se apoderar de uma enorme quantidade de dinheiro que não lhe pertence. Uma história de índios e cowboys dos tempos modernos.


Milionários Acidentais

Ben Mezrich

O que começou por ser apenas uma biografia não autorizada de Mark Zuckerberg transformou-se, em 2010, num dos filmes marcantes do século XXI. Baseado na polémica história da criação do Facebook, este livro relata a vida do fundador da maior rede social de sempre. Desde o dia em que decide invadir os servidores da Universidade de Harvard, até ao momento em que a relação com o seu melhor amigo acaba na sala de um tribunal.


12 Anos Escravo

Solomon Northup

Até 1841, a vida de Solomon Northup era igual a tantas outras: vivia pacificamente com a mulher e os filhos. Mas, de repente, um convite inesperado altera para sempre a sua existência. Este livro é o relato real, contado na primeira pessoa, da vida de tortura e pesadelo a que os escravos norte-americanos estavam sujeitos. Ao longo de 12 anos de escravidão, Solomon foi sujeito às mais cruéis atrocidades que, em 2013, deram origem ao filme homónimo.


Brooklyn

Colm Tóibín

A vida de Eilis começa numa pequena vila irlandesa onde as oportunidades para triunfar quase não existem. Quando toma a decisão de partir para a América, a heroína desta história não faz ideia da reviravolta que a sua vida vai sofrer. O amor e os sonhos de Eilis tornam-se reais em Brooklyn mas acontecimentos trágicos fazem-na pôr em causa toda esta nova vida que lutou para construir. Adaptado em 2015 por John Crowley, este filme divide-se entre a ânsia da partir e o receio do regresso a casa.


Carol

Patricia Highsmith

Carol foi um dos filmes mais aguardados do século. Depois de 11 anos de produção e desenvolvimento, chegou finalmente às salas de cinema em 2015. Este livro é um romance inovador que aborda o tema da homossexualidade sob a perspetiva feminina. Apesar de ter sido mal recebido nos anos 50, o amor que une Carol e Theresa acabou por se tornar um clássico dos nossos dias.


1507-1 (4)

Vício Intrínseco

Thomas Pynchon

Doc Sportello, um detetive privado americano, vive num mundo à parte, envolto numa densa nuvem de marijuana. O amor paranoico por uma ex-namorada leva-o a aceitar colaborar na investigação do rapto do homem por quem esta se apaixonou. As drogas, o sexo e todos os outros prazeres proibidos ganham forma num romance psicadélico, nomeado para o Óscar de melhor argumento adaptado, em 2015.


1507-1

O Lobo de Wall Street

Jordan Belfort

O poder, o dinheiro e a corrupção andam de mãos dadas na maior bolsa económica do mundo. Este livro é muito mais do que uma autobiografia de um jovem corretor de Wall Street. É o relato verídico de tudo aquilo que se passa por trás dos ecrãs cheios de números e símbolos que poucos compreendem. Usando o humor como defesa, Jordan Belfort confessa os pecados de burla e corrupção que lhe valeram uma fortuna exorbitante e uma queda inevitável.


Por: Andreia Vaz

Gostou? Partilhe este artigo: