Livros em inglês: 7 novelas gráficas que não podes perder

livros-ingles-novela-grafica-banda-desenhada-revista-estante-fnac

A sequela de Fight Club, os clássicos de Alan Moore, a biografia de Nick Cave. Se gostas de banda desenhada, tens mesmo de conhecer estes livros.


Fight-Club-Book-2

Fight Club 2

Chuck Palahniuk e Cameron Stewart

A sequela do icónico Clube de Combate assume uma natureza completamente diferente do seu predecessor: a banda desenhada. Chuck Palahniuk juntou-se a Cameron Stewart para criar uma história passada dez anos após a primeira, na qual o narrador, agora casado e com um filho, volta a mergulhar gradualmente numa crise existencial.


Watchmen

Watchmen

Alan Moore e Dave Gibbons

Depois de escrever as séries Lost e The Leftovers, Damon Lindelof prepara-se para adaptar (muito livremente) Watchmen à televisão. Motivo mais do que suficiente para descobrir ou redescobrir esta já clássica novela gráfica de Alan Moore, sobre um grupo de super-heróis reformados num mundo alternativo, prestes a entrar em guerra.


V-for-Vendetta

V for Vendetta

Alan Moore e David Lloyd

Outra novela gráfica clássica nascida da imaginação de Alan Moore. V for Vendetta passa-se numa sociedade dominada por um regime fascista, na sequência de uma guerra nuclear global. É neste contexto que surge V, um anarquista com o rosto coberto por uma máscara de Guy Fawkes, que se propõe a abanar o sistema.


in-the-pines

In the Pines

Erik Kriek

O título é retirado de uma velha canção que artistas como Lead Belly ou os Nirvana ajudaram a popularizar. É um bom exemplo de “murder balad”, como lhe chamam os americanos: histórias curtas sobre vida e morte, amor e traição. Erik Kriek pensou em cinco e reuniu-as neste livro, na forma de banda desenhada.


How-to-Talk-to-Girls-at-Parties

How to Talk to Girls at Parties

Neil Gaiman, Fábio Moon e Gabriel Bá

Com Elle Fanning, Alex Sharp e Nicole Kidman no elenco, a adaptação ao cinema desta novela gráfica assinada por Neil Gaiman acabou de estrear em Portugal. É a curiosa história de dois adolescentes que, em plena Londres dos anos 70, se deparam com um grupo de extraterrestres disfarçados de jovens raparigas.


blankets

Blankets

Craig Thompson

Uma crónica da juventude. Do primeiro amor. Da primeira reflexão séria sobre religião e fé. Craig Thompson escreveu e ilustrou esta novela gráfica como forma de transmitir aos pais que já não se considera cristão. A autenticidade da história chegou mais longe e Blankets foi já distinguido com vários prémios, entre os quais dois Eisner.


Nick-Cave-Mercy-on-Me

Nick Cave: Mercy on Me

Reinhard Kleist

Nick Cave referiu-se a esta novela gráfica como “mais próxima da verdade do que qualquer biografia”. Nada mau para uma história que traça o seu retrato enquanto artista multifacetado – músico, romancista, poeta, ator – desde os primeiros anos na Austrália aos muitos sucessos alcançados com os The Bad Seeds.


Por: Tiago Matos

Gostou? Partilhe este artigo: