6 livros brutalmente honestos que tens de ler

livros-brutalmente-honestos-estante-fnac

Sentes que precisas de um empurrão mais drástico para avançares com a tua vida? Recomendamos-te alguns autores brutalmente honestos que te dão as ferramentas necessárias para lidares com situações reais da vida.

A arte subtil de saber dizer que se f*da

Edição em inglês 
The Subtle Art of Not Giving a F*ck

A Arte Subtil de Saber Dizer que se F*da

Mark Manson

Os dias em que te convenciam que o pensamento positivo era a chave para uma vida rica e feliz acabaram. Em A Arte Subtil de Saber Dizer Que se F*da, Mark Manson mostra-te como a sociedade está contaminada por grandes doses de treta e de ilusões. Ilusões das quais não podes fugir. Por isso mesmo, a intenção deste livro é ajudar-te a enfrentar as verdades dolorosas da vida. O primeiro passo? “Aonde quer que vamos, há 200 quilos de merda à nossa espera. A questão não é fugir da merda, é descobrir a merda com que gostamos de lidar”, desabafa no livro.


Está Tudo F*dido

Mark Manson

Depois do sucesso do primeiro livro, Mark Manson vai mais longe em Está Tudo F*dido, chegando a dizer que a falta de esperança é mesmo “a fonte de todas as desgraçadas”. Apesar de a esperança te poder levar, muitas vezes, para uma direção errada, a falta dela leva-nos ao desespero. Isto porque acreditamos que está tudo acabado e que não vale a pena fazer nada para mudar o presente. No entanto, o autor afirma que não vale a pena esconder: “Tudo estava completo e profundamente fodido.” Ainda assim, procura explicar a racionalidade por de trás desta afirmação utilizando termos como o Cérebro que pensa e o Cérebro que sente para explicar conceitos como a emoção e a razão.


vai correr tudo mal

Vai Correr Tudo Mal

Joana Marques

Desiludida com os livros de autoajuda, Joana Marques, humorista e locutora de rádio, decidiu desconstruir essa linguagem em Vai Correr Tudo Mal. A autora desmonta conceitos como o de “energia negativa” porque acredita que isso só acontece quando “chega a conta da EDP e [vê] que [vai] pagar outra vez para cima de 200€”, como confessa no livro. Falando de forma honesta e sem otimismos exagerados, Joana Marques revela conselhos úteis para manteres o pensamento positivo em todas as situações. Mesmo na loja do cidadão quando faltam 167 senhas para a tua vez.


Miga, esquece lá isso

Miga, Esquece Lá Isso!

Clara Não

A vida é demasiado importante para a desperdiçares com tristezas. E que o diga Clara Silva. A ilustradora de apenas 25 anos — conhecida pela sua ideologia feminista e sentido de humor apurado — é uma especialista em não desistir até obter aquilo que quer. Tanto que trocou o seu apelido. Em vez de Clara Silva, o seu nome artístico é Clara Não. Em Miga, Esquece Lá Isso! – um livro recheado de ilustrações satíricasexplica: “Eu só faço o que eu quiser. Não é não!” Direcionado para o público feminino, este livro aconselha-te a tomares as rédeas da tua própria vida. Tal como fez Clara que “depois de em ti muito pensar, [decidiu] em ti muito cagar”.


Miuda, deixa-te de m*rdas

Edição em inglês
Girl, Wash Your Face

Miuda Deixa-te de M*rdas

Rachel Hollis

A certa altura da vida, já acreditaste em mentiras ou ilusões que te impediram de ser feliz. O mesmo aconteceu a Rachel Hollis que decidiu escrever Miúda Deixa-te de M*rdas, um livro com 20 capítulos, um para cada mentira que a própria autora teve de superar, como por exemplo: sou má na cama, não sou boa mãe ou sou melhor do que tu. A autora conseguiu ultrapassar várias destas inseguranças travando amizade com outras mães e pessoas que não a julgassem, fazendo terapia e, acima de tudo, avaliando até que ponto estas afirmações correspondiam à realidade ou se eram apenas fruto do medo de não conseguir estar à altura.


1540-1

Deixe-se de M*rdas

Sarah Knight

És daqueles que faz imensos planos, mas que continua sentado no sofá ou até mesmo preso no escritório com medo de arriscar em novos projetos? Em Deixe-se de M*rdas,Sara Knight — também autora do livro Mude a Sua Vida Aprendendo a Dizer que se F*da — ensina-te a não arranjar desculpas para te dedicares àquilo que te faz feliz. Além de considerar importante economizar tempo, nomeadamente através da elaboração de uma lista de tarefas com aquilo que é realmente importante para “o dia de hoje”, acredita que também é possível realizar os sonhos em três passos tão simples como: criar uma estratégia, focares-te nessa estratégia e comprometeres-te a executá-la.

Por: Inês Martins

Gostou? Partilhe este artigo: