O que é isto da literatura YA?

A LER…

Geração Extreme
Inês Teixeira Botelho
Edições Sílabo
#millennials #geraçãoy #internet
É Complicado
Danah Boyd
Relógio D’Água
#redessociais #tecnologia #comunicação
A Escola
Paulo Chitas
Fundação Francisco Manuel dos Santos
#ensino #educação #insucessoescolar
A Sociedade em Rede em Portugal
Gustavo Cardoso, António Firmino da Costa,
Ana Rita Coelho e André Pereira
Almedina
#internet #educação #inf ormação
Como Desligar o Seu Filho
Liat Hughes Joshi
Marcador
#ideias #atividades #desliga_te

Harry Potter e Crepúsculo. Os Jogos da Fome e A Culpa é das Estrelas. O Deus das Moscas e O Hobbit. Além de grandes sucessos literários, estes livros têm em comum o facto de se destinarem a jovens adultos. É uma categoria cada vez mais popular e na qual cabe tudo: ficção e não ficção, romances e distopias, fantasia, ficção científica, vampiros, demónios e até adolescentes perfeitamente normais. O mais difícil é escolher.

Uma certeza que sempre existiu no mundo editorial: os leitores mais jovens não leem os mesmos livros que os leitores mais velhos. É natural. Os interesses são distintos, as capacidades também. Mas durante muitos anos a divisão etária fez-se apenas assim. Havia livros para crianças e livros para adultos. Esquecia-se um dos segmentos etários mais importantes, o dos jovens adultos – ou Young Adults (YA).

Embora as fronteiras que delimitam a categoria continuem a não ser rígidas, já se conhecem hoje bastantes livros especificamente destinados a jovens adultos, aos quais se acrescentam outros que, embora tenham sido pensados para públicos distintos, acabam por agradar também a este. Mas como se identifica a literatura YA?

Os protagonistas destes livros são, na maior parte dos casos, jovens que se deparam com as mais extraordinárias dificuldades. Os enredos tanto podem ser fantásticos como realistas, mas centram-se quase sempre em problemas com os quais esta faixa etária se pode identificar: a adaptação a novos grupos e situações, as dificuldades relacionais, os perigos de substâncias como álcool e drogas, bullying, sexualidade, racismo, depressão, morte. São livros sobre problemas sérios escritos de forma simples. Uma fórmula que constitui uma das principais tendências literárias do momento.

ANATOMIA DE UM JOVEM ADULTO

Generalizar pode não ser boa ideia, até porque há muitos adultos que gostam de literatura YA, mas a ter de definir o perfil típico de um leitor deste tipo de livros chegamos a este retrato, que é também o de muitos protagonistas do género.
ENTRE 14 E 21 ANOS

Este f oi o intervalo de idades def inido pela escritora britânica Sarah Trimmer, no início do século XIX, para caracterizar os jovens adultos. Não é um intervalo consensual: há quem diga que o grupo se estende pelo menos até aos 30 anos.

NATIVO DIGITAL

Facebook, Instagram e YouTube fazem parte do dia a dia. Não é que não goste de viajar e sair com os amigos, apenas não imagina fazê-lo sem smartphone e/ou tablet.

ATRAÍDO POR TEMAS SOCIAIS

Amizade, amor, sexualidade e problemas relacionais são alguns dos temas que mais lhe interessam perceber e explorar. Nos livros e na vida real.

CONSUMIDOR DE CULTURA

Devora livros, álbuns, filmes e/ou séries. Abstrair-se uma vez por outra da realidade é uma prioridade.

À PROCURA DE LUGAR NA SOCIEDADE

Neste período f értil em mudanças, o mais importante para muitos jovens adultos é adaptarem-se à realidade e a firmarem-se perante a família, os amigos e os colegas, descobrindo no processo quem querem ser na vida.

ABERTO A FANTASIA

Os jovens adultos aceitam geralmente com maior naturalidade a inclusão de elementos mágicos ou sobrenaturais nas narrativas.


Gostou? Partilhe este artigo: