Mudar de Escola

Entrar numa escola nova pode ser muito assustador. Corredores compridos cheios de caras desconhecidas, novas rotinas e exigências.

De acordo com o Plano Nacional de Leitura ler é essencial para o desenvolvimento da literacia. Picture5As crianças desenvolvem-se melhor e têm melhores resultados na escola quando os livros fazem parte do seu ambiente familiar. Se ler promove o  conhecimento,
expande horizontes, estimula a criatividade e facilita a comunicação, uma boa integração escolar permite ligar a escola à família, permite unir “a escola da vida e aquilo que se aprende nos livros”, afirma Eduardo Sá. O psicólogo explica que, por vezes, a entrada na escola pode ser tão ou mais assustadora para os pais do que para as próprias crianças, “signifi ca que os pais perdem, grande parte das vezes, a compostura e fi cam agitados, como se a família deixasse de estar em primeiro lugar na prioridade das crianças”. A boa notícia é que podemos ajudar “aceitando que os bons professores se tornem pessoas da família dos nossos filhos e obrigando as  rianças a brincarem todos os dias.” Em relação aos amigos, “ajudamos sempre que nos tornamos espetadores comprometidos, mais do que angariadores de amizades.”

 

 

É difícil as crianças fazerem novos amigos?

Regra geral… nim. ‘Fazer novos amigos’ é, no entanto, uma expressão sábia, porque supõe trabalho. E supõe que as crianças (sobretudo as crianças muito mimadas) não se podem colocar diante dos colegas num registo do género: “se o mundo não
vem ter comigo, é porque o mundo não gosta de mim”. E, muito menos, numa atitude próxima de:”as coisas ou são como eu quero… ou não são”. É claro que os amigos não são como uma cozinha instantânea. Observam-se, sentem-se, interpelam-se, desafiam-se, avaliam-se… insinuam-se, surpreendem-nos, cativam-nos, resgatam-nos… Por outras palavras: é preciso muito tempo para que se faça um amigo. Ao contrário do que os adultos supõem em relação às crianças quando imaginam que são todas amigas (não muito diferente daquilo que as crianças presumem quando, por cada cumprimento dos pais, sempre que atravessam uma praça, são levadas a concluir que se trata dum amigo). É fácil fazer novos amigos quando estamos de coração aberto e é difícil fazer novos
amigos porque exige esforço e dedicação. E até por isso a escola vale a pena: a escola é a “mãe de todas as montras” dos amigos.

Porque é importante manter laços com os amigos da antiga escola?

Quanto maior a diversidade dos amigos maior a pluralidade do nosso coração. E, então, quando manter os amigos supõe juntá-los, de vez em quando, ainda é melhor. É que tantos amigos, tão diversos, tão inseguros e tão ciumentos uns em relação aos outros, estica-nos o coração e abre avenidas novas na nossa cabeça.

Qual o papel dos irmãos mais velhos?

Os irmãos mais velhos são a entidade reguladora das nossas relações de amizade. Fazem um bocadinho de pais, um bocadinho de tios e de anjo da guarda, também. Depois, quando se chega a casa, tudo muda. E, aí, os irmãos mais velhos apresentam as faturas desse trabalho de segurança privada e é natural que, para desespero dos pais, façam só de filhos.

0|3

O MEU PRIMEIRO LIVRO DE PRÉMIOS
Autores: Vários
Editora: Edicare

LerPorIdades1

 

4|6

ADORO A ESCOLA
Autores: Trace Moroney
Editora: Porto Editora

LerPorIdades2

PORQUE É QUE VOU À ESCOLA
Autores: Oscar Brenifier
Ilustrações de: Delphine Duran
Editora: Edicare

LerPorIdades3

ODEIO A ESCOLA
Autores: Jeanne Willis,
Ilustrações de: Tony Ross
Editora: Livros Horizonte

LerPorIdades7

7|9

O PRIMEIRO DIA DE ESCOLA
Autores: António Mota
Ilustrações de: Paulo Galindro
Editora: Gaillivro

LerPorIdades4

EU SEI TUDO SOBRE A  ESCOLA
Autores: Nathalie Delebarre
Editora: Presença

LerPorIdades8

O A RAPARIGA REBELDE: REGRESSO À ESCOLA
Autores: Enid Blyton
Editora: Oficina do Livro

LerPorIdades9

 

 

Gostou? Partilhe este artigo: