O que vais ler no verão? Perguntámos a quatro pessoas bem conhecidas

Se és como nós e aproveitas o verão para pôr a leitura em dia, deixamos-te algumas recomendações. Fomos perguntar a António Raminhos, Ana Sofia Martins, Mariana Monteiro e Helena Magalhães o que contam ler neste verão.

ANTÓNIO RAMINHOS

Humorista há mais de 10 anos, é autor de As Marias
O Amor Não Tem Hora Marcada… Excepto nos
Classificados
Com três “Marias” em casa, as suas filhas
servem-lhe de inspiração para vários sketches
e espetáculos de stand-up.

“Por momentos, pensei sugerir livros que, tal como as pessoas que se estendem ao nosso lado numa praia deserta, não fizessem sentido nenhum. Há um bom exemplo disso: Codex Seraphinianus. Considerado um dos livros mais estranhos do mundo por ter um alfabeto inventado pelo autor e imagens também desenhadas pelo próprio mas que parecem de um miúdo de cinco anos… sob ácidos.

Mas, preferindo ser mais útil, sugiro um dos livros mais simples (e ao mesmo tempo tão cheio) que já li: O Tao do Pooh.

O autor, Benjamin Hoff, adepto do taoísmo, consegue demonstrar de uma forma única, divertida e sobretudo genuína que até no ursinho Pooh podemos encontrar uma visão simples de como levar a vida em constante união com o universo e tudo aquilo que ele criou.”

The Tao of Pooh

The Tao of Pooh
Benjamin Hoff

ANA SOFIA MARTINS

Tem dividido a sua vida entre Lisboa e Nova Iorque desde os 17 anos, altura em que se lançou internacionalmente como modelo. A sua carreira na televisão começou em 2012 quando se tornou VJ da MTV. Dois anos mais tarde estreou-se como atriz e lançou o seu próprio blogue.

“Este verão lerei pela primeira vez Lev Tolstói. Ofereceram-me no Natal passado o livro Ressurreição e estou ansiosa por começar.

Depois passarei ao livro A Gorda, de Isabela Figueiredo. Um amigo em cujo gosto literário confio muito não só me recomendou este livro como mo vai emprestar.

Por fim, voltarei a uma autora de quem gosto muito, Zadie Smith, desta vez com The Autograph Man.”

A-Gorda

A Gorda
Isabela Figueiredo

MARIANA MONTEIRO

Atriz destes os 16 anos, estreou-se na televisão com a série Morangos Com Açúcar e no cinema com Amália. Feminista assumida e defensora dos direitos humanos, é coautora dos livros Mariana Num Mundo Igual Mariana No Caminho da Igualdade.

O Centenário Que Fugiu Pela Janela e Desapareceu parece-me o livro ideal para uma leitura mais leve e descontraída que aborda um tema que me interessa: a velhice.

Girl, Wash Your Face parece-me um livro inspirador que pode ajudar a desconstruir crenças limitadores que a sociedade nos mostrou como verdades absolutas. É preciso questionar para que possamos encontrar o nosso caminho.

Como porta-voz para a juventude da associação Corações com Coroa, presidida pela Catarina Furtado, sinto a necessidade de ter mais informações sobre a fase da vida onde encontramos tantos desafios, sobretudo internos. Como muitas vezes falo para o público jovem, sinto que Adolescer é Fácil #sóquenão é uma ferramenta essencial para compreender melhor aqueles e aquelas para quem falo.”

HELENA MAGALHÃES

A autora de Diz-lhe Que Não Raparigas Como Nós mantém também uma forte presença digital. Atenta às causas que afetam as mulheres, assume a missão de colocar cada vez mais portugueses a ler.

“O verão é, por norma, a altura em que temos a cabeça mais leve e a altura em que muitos portugueses mais leem. Então a minha ideia foi pegar em vinte livros de diferentes géneros:

Três Pequenas Mentiras
Ontem à Noite
As Serviçais
O Silêncio das Águas
As Cores do Assassino
O Homem dos Sussurros
A Rapariga de Antes
As Vinhas de La Templanza
Dez Anos Depois
A Nossa Vida em Sete Dias
A Quinta do Pinheiro
O Binóculo Mágico
A Pérola que Partiu a Concha
Nada Menos Que Um Milagre
Nome de Código: Verity
Fanny Owen
Enquanto Lisboa Arde O Rio de Janeiro Pega Fogo
A Química dos Nossos Corações
A Visita do Brutamontes
A Medida do Homem

Uns são leves, outros mais complexos, exatamente para todos os gostos e para variar entre estados de espírito. Comecei por um drama, agora vou nos thrillers, eventualmente no fim de agosto vai dar a vontade de ler um de guerra e nada melhor do que as férias para viajar nas leituras .”

Por: Tatiana Trilho
Fotografias: António Raminhos e Ana Sofia Martins (DR), Mariana Monteiro (Elite), Helena Magalhães (Bruno Colaço/4SEE)

 

Gostou? Partilhe este artigo: