José Eduardo Agualusa vence um dos prémios mais valiosos do mundo

agualusa-revista-estante-fnac

José Eduardo Agualusa venceu esta quarta-feira o International Dublin Literary Award, um dos prémios literários mais valiosos do mundo. Distinguido pela edição em inglês do romance Teoria Geral do Esquecimentoo escritor angolano levará ainda para casa um prémio monetário no valor de 100 mil euros (25 mil dos quais serão entregues ao tradutor da obra, Daniel Hahn).

Esta é a primeira vez que se distingue um livro originalmente escrito em português (e a nona em que o galardão vai para uma obra traduzida). Agualusa, que esteve nomeado ao lado de grandes nomes como Mia Couto, Anne EnrightViet Thanh Nguyen, Hanya Yanagihara ou Orhan Pamuk, junta-se assim à vasta lista de vencedores, que inclui autores como Michel Houellebecq, Colm Tóibín, Colum McCann, Jim CraceDavid MaloufHerta Müller ou Javier Marías.

Teoria Geral do Esquecimento é a mesma obra que, em 2016, foi finalista do conceituado Man Booker International. O autor angolano, que recentemente concedeu uma entrevista à Estante, assina ainda obras como Nação Crioula (vencedora do Grande Prémio de Literatura RTP), O Vendedor de Passados (distinguida com o Independent Foreign Fiction Prize) ou o mais recente romance A Sociedade dos Sonhadores Involuntários.

Gostou? Partilhe este artigo: