Histórias de Natal para crianças

natal-criancas-estante-fnac

O Natal está cada vez mais próximo e nada melhor que livros para abrir o apetite da quadra às crianças.

Agora que damos entrada no último trimestre do ano, o entusiasmo pelo Natal está cada vez mais presente. As crianças, em particular, começam já a puxar pela cabeça para decidir os presentes que mais gostariam de receber. As famílias também iniciam, mais não seja mentalmente, os preparativos para a quadra. E as editoras acompanham a tendência com a publicação de livros sobre o tema. Saiba que novidades natalícias pode encontrar atualmente nas livrarias.

Para entender o Natal

Porque se celebra o Natal? O poeta e ensaísta Sérgio Franclim procura dar resposta a isto com A História do Natal, um livro que explica aos mais novos o nascimento de Jesus tal como ele surge na Bíblia. Nesta perspetiva religiosa de uma festa que hoje em dia ultrapassa crenças teológicas, figuram personagens como o anjo Gabriel, José, Maria e os Reis Magos. A história é completada com diversas ilustrações de Diana de Oliveira.

Num estilo um pouco diferente surge Os Animais do Natal, de Luísa Ducla Soares. O livro foca-se nos animais que preenchem o presépio – o burro, a vaca, os camelos –, conferindo-lhes divertidas personalidades nas suas aventuras. As ilustrações são da autoria de Ângelo Vieira.

Para entender o sentido do Natal

Mas, mais do que dar-lhes a conhecer as origens da celebração, pode ser importante instruir as crianças que o Natal é uma quadra propícia à solidariedade e ao espírito de partilha. A Noite de Natal, um conto clássico de Sophia de Mello Breyner Andresen, originalmente publicado em 1959, tem este propósito.

A protagonista é uma menina chamada Joana que se torna amiga de um rapaz pobre e se entristece quando percebe que ele não vai receber nenhum presente no Natal. Decide, por isso, ir ter com ele durante a noite para lhe oferecer os seus próprios presentes. Segue uma estrela e, quando enfim o encontra, tem uma grande surpresa quanto à sua identidade. A mais recente edição deste livro inclui ainda dois outros contos e ilustrações de Jorge Nesbitt.

Premissa semelhante tem Um Conto de Natal, de Fernando Nobre, ilustrado por Sandra Serra. Escrito como um conto de fadas, dá a conhecer uma menina que percebe que nem toda a gente tem o seu nível de vida e decide fazer a diferença no Natal dos menos afortunados.

Para um Natal divertido

Também há livros de Natal capazes de provocar gargalhadas aos mais novos. É, por exemplo, o caso de O Rato Que Cancelou o Natal, escrito por Madeleine Cook e ilustrado por Samara Hardy. A história passa-se na floresta Jingle Bell e tem como protagonista um rato que, após um traumático acidente com uma das bolas que servem de enfeite às árvores, decide jogar pelo seguro e cancelar o Natal. Corre pela floresta a tentar convencer esquilos, coelhos e ursos a deixar de o celebrar. Mas claro que os outros animais não acham piada à ideia.

Outra premissa curiosa é a de O Rapto do Pai Natal, escrito por L. Frank Baum e ilustrado por Maria Ferrand. Neste conto, o Pai Natal é raptado por demónios das cavernas que não compreendem o seu trabalho e o querem impedir de dar presentes e espalhar felicidade pelas crianças. Cabe ao próprio Pai Natal e aos seus amigos, fadas e duendes, explicar aos malvados demónios a magia desta quadra festiva.

Gostou? Partilhe este artigo: