Garrett McNamara: O lobo do mar também nas livrarias

A apresentação do livro Lobo do Mar
decorre na Fnac do Colombo,em Lisboa,
no dia 4 de março, a partir das 15h00.
Garrett McNamara estará presente.
O surfista e autor também estará na
Fnac do LeiriaShopping, no dia
5 de março, a partir das 16h00.

garrett-mcnamara-livro-revista-estante-fnac

O surfista de ondas gigantes, que trocou o Havai por Portugal, apresenta agora um livro de memórias. Conhece alguns dos segredos que Garrett McNamara revela em O Lobo do Mar.

Das ondas para os livros. Garrett McNamara – ou GMac, como é conhecido – é já um visitante frequente do nosso Portugal. Agora vem até nós não só para desafiar as ondas do “Canhão da Nazaré”, mas também para apresentar o seu primeiro livro, a biografia O Lobo do Mar.

É nela que fala da paixão pelo surf, dos obstáculos que foi superando ao longo da vida e da perseverança e espiritualidade que o caracterizam. Queres saber como nasceu a primeira aventura literária deste recordista mundial natural do Havai? Vem descobrir.

lobo-do-mar-revista-estante-fnac

Lobo do Mar
A fotografia utilizada na capa do livro foi capturada na Nazaré, em 2011, quando Garrett McNamara conquistou o recorde da maior onda alguma vez surfada. A imagem é acompanhada pela frase: “A coragem do homem, a bravura do mar, a força da sabedoria.”

Males que vêm por bem

McNamara foi obrigado a parar de surfar, neste último ano, devido a uma lesão no ombro. Durante o hiato, decidiu dedicar-se a outras atividades e a procurar experiências novas. Esta biografia surge, assim, como uma viagem espiritual, que procura inspirar os leitores a perseguirem e a concretizarem os seus próprios sonhos.

É um livro de caráter intimista, que revela detalhes privados do atleta, além das suas já conhecidas habilidades em cima da prancha. A mensagem espiritual da obra partiu inteiramente de si, enquanto as palavras surgiram da parceria estabelecida com a autora californiana Karen Karbo.

Como peixe na água

McNamara começou a sua jornada no mundo do surf aos 11 anos de idade, tornando-se profissional aos 17. Hoje, com quase 50 – a completar em agosto –, o norte-americano está mais do que habituado a desafios extremos. Já surfou as ondas mais perigosas do mundo e bateu um recorde do Guinness ao surfar uma onda de 23,77 metros na Praia do Norte, na Nazaré. Dois anos mais tarde, na mesma praia portuguesa, superou o seu próprio resultado ao surfar uma onda de 30 metros.

Foi assim que McNamara se tornou não só um ícone da Nazaré, mas um símbolo da modalidade em todo o mundo. Ainda assim, frisa o atleta, o surf é algo que faz por prazer – equipara até os seus efeitos aos do ioga – e não para bater recordes.

O fascínio por Portugal

Garrett McNamara acredita que Portugal é o segredo mais bem guardado da Europa. Este seu amor pelo nosso país foi declarado recentemente, numa série de episódios promovidos pelo Turismo de Portugal, nos quais o surfista participa juntamente com a sua mulher, Nicole, com quem casou na Nazaré em 2012.

“Este país é o melhor do mundo, porque as pessoas são as melhores do mundo. Gosto dos portugueses mais do que qualquer outro povo no mundo. Comida incrível, experiências únicas, hospitalidade singular e ondas em cada canto”, elogiou McNamara.


Por: Ana Beatriz Oliveira

Gostou? Partilhe este artigo: