A Forma das Ruínas: uma viagem aos mistérios da Colômbia


Um livro para…
Apaixonados por teorias de conspiração e pela história da Colômbia.

Primeira frase
“Da última vez que o vi, Carlos Carballo estava a entrar laboriosamente numa carrinha da Polícia, as mãos algemadas atrás das costas e a cabeça afundada entre os ombros, enquanto uma legenda na parte de baixo do ecrã informava as razões da sua detenção: ter tentado roubar o fato de um político assassinado.”

Se gostaste deste livro,
é provável que também gostes de…

Inferno (Dan Brown)
Notícia de um Sequestro (Gabriel García Márquez)
Pablo Escobar – O Meu Pai (Juan Pablo Escobar)

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Juan Gabriel Vásquez
estará presente na próxima
edição do Correntes d’Escritas,
que decorrerá entre os dias
21 e 25 de fevereiro,
na Póvoa de Varzim.

Será que as teorias de conspiração se resumem a isso mesmo? É esta busca intrigante por verdades incertas que Juan Gabriel Vásquez explora no seu mais recente livro.

Uma intensa exploração histórica que nos faz questionar todos os acontecimentos passados e as suas repercussões no presente. Para o personagem principal deste romance não existem coincidências. E, na maioria das vezes, a intuição é o nosso dom mais fidedigno.

O livro

A Forma das Ruínas é um retrato real e cru da história da Colômbia. O atentado a Jorge Eleiécer Gaitán e o assassinato do general Rafael Uribe Uribe, duas figuras emblemáticas da Colômbia do século XX, servem de mote para esta obra. Os incidentes são explorados por Carlos Carballo, que vive obcecado com a conspiração por detrás destas mortes, tentando desvendar o mistério e interligando-o com o assassinato de John F. Kennedy.

O autor

Juan Gabriel Vásquez é um multipremiado autor colombiano. Nasceu em Bogotá em 1973 e, mais recentemente, depois de ter vivido durante 16 anos em Paris, Bélgica e Barcelona, regressou ao seu país. Conta com diversos prémios no seu percurso, entre eles o Prémio Alfaguara, o Prémio IMPAC Dublin (ambos por O Barulho das Coisas a Cair, de 2011) e o Prémio Casa da América Latina (por As Reputações, de 2013).

O gancho

A cidade natal de Juan Gabriel Vásquez é o foco central dos seus romances. A Forma das Ruínas não é exceção, abordando igualmente a história da Colômbia, caracterizada desde cedo por violência, tumultos políticos e negócios ilícitos. No romance, Vásquez surge disfarçado de personagem literária, tornando a obra uma espécie de autobiografia onde partilha as preocupações e os pareceres relacionados com a situação do seu país.


Por: Ana Beatriz Oliveira

Gostou? Partilhe este artigo: