Festival Correntes d’Escritas recebe mais de 80 escritores

correntes-descritas-revista-estante-fnac

A 19.ª edição do festival Correntes D’Escritas, que celebra a literatura em língua portuguesa e espanhola, decorre entre os dias 20 e 24 de fevereiro na Póvoa do Varzim.

São esperados mais de 80 escritores de 14 nacionalidades diferentes, entre eles nomes como Luis Sepúlveda, Ungulani Ba Ka Khosa, Alicia Kopf, Karla SuárezKalaf Epalanga. Autores portugueses como Bruno Vieira do Amaral, Mário Zambujal, Inês Pedrosa, Rui Zink, Rodrigo Guedes de Carvalho, Afonso Cruz, João Tordo ou Isabel Lucas também marcarão presença.

O festival será igualmente marcado por onze mesas-redondas, contando ainda com o lançamento de 14 livros e várias outras atividades, como exposições, poesia nas ruas e a entrega do Prémio Literário Casino da Póvoa, bem como de outros prémios literários.


Juan Gabriel Vásquez vence Prémio Literário Casino da Póvoa 2018

“Da última vez que o vi, Carlos Carballo estava a entrar laboriosamente numa carrinha da Polícia.” É assim que se inicia A Forma das Ruínas, romance do colombiano Juan Gabriel Vásquez que se sagrou o grande vencedor do Prémio Literário Casino da Póvoa, atribuído todos os anos no Correntes d’Escritas.

De acordo com o júri responsável pela escolha, A Forma das Ruínas foi distinguido “pelo extraordinário fôlego narrativo e pelo notável retrato da história da Colômbia do século XX, fruto de uma vasta investigação pessoal e literária”.

Juan Gabriel Vásquez sucede a nomes como Lídia Jorge, Carlos Ruiz Zafón, Javier CercasArmando Silva Carvalho na lista de vencedores do Prémio Literário Casino da Póvoa.


Notícia atualizada a 23 de fevereiro com informação sobre o prémio
Fotografia: Facebook Correntes D’Escritas

Gostou? Partilhe este artigo: