És fã de After? Eis 10 livros que vais ter de ler

Se és um fã incondicional de After, então já deves saber que o filme baseado nesta série escrita por Anna Todd está quase a chegar aos cinemas. Enquanto não chegam novidades de Tessa e Hardin, sugerimos-te alguns livros que temos a certeza que também vais adorar.

after

After: Depois de o Conhecer

Anna Todd

É este o livro em que Tessa e Hardin se conhecem. E em que tudo muda. Para Anna Todd, a autora, este também foi o livro que mudou a sua vida. “Transformei, literalmente, o facto de ser fã numa carreira”, confessa em entrevista à Estante. Isto porque a americana se inspirou na banda One Direction para criar um dos seus protagonistas, Hardin Scott, “uma espécie de concha com a aparência do Harry Styles”. Esta nova edição do primeiro livro da série, contado na voz de Tessa, inclui um capítulo extra narrado pelo próprio Hardin.



Before-Antes-de-Tessa
Edição em inglês:
Before

Before: Antes de Tessa

Anna Todd

Não ficaste esclarecido quanto ao que aconteceu às personagens de After? Então tira todas as dúvidas com a prequela Before: Antes de Tessa, narrado maioritariamente pelo ponto de vista de Hardin. Sabias que, quando era pequeno, Hardin devorava livro atrás de livro? Que queria ser bombeiro ou professor? Algo mudou para se transformar num rapaz “bom a magoar as pessoas, a causar estragos”, como revela o livro. Before acompanha Hardin desde a sua mudança para Washington até conhecer Tessa.E apaixonar-se.


Stars

Stars: As Estrelas Mais Brilhantes

Anna Todd

Depois de After, este é o primeiro livro de uma nova trilogia de Anna Todd. O seu mais pessoal até à data, uma vez que, tal como Karina, a personagem principal, também a escritora teve de lidar com o desgaste emocional do marido quando este regressou do Iraque. Apesar de só agora começar a desenvolver uma relação com Kael, um jovem ex-combatente que esteve no Afeganistão, Karina enfrenta muitos dos problemas da autora. Um romance que pode dar certo se as ilusões não forem desfeitas tão depressa como surgem.


Crepusculo-Edicao-Especial-Fnac
Edição em inglês:
Twilight

Crepúsculo

Stephenie Meyer

Foi a forma como Edward e Bella, protagonistas desta saga, lutaram para ficarem juntos que fez com que Anna Todd reencontrasse a obsessão (e o amor) que tinha pela leitura. Mas não foi só a autora que viveu intensamente o amor proibido do casal. Tal como ela, mais de um milhão de pessoas apaixonaram-se pelo romance entre a jovem Bella e o vampiro Edward em apenas dois anos. O jornal The Telegraph afirma mesmo que a saga superou o recorde de vendas estabelecido por Harry Potter.


A Todos os Rapazes que Amei

Jenny Han

Sabias que se Jenny Han pudesse escolher uma profissão queria ser ajudante do Pai Natal? Ou até provadora de gelados? Ah, e melhor amiga da Oprah. Um perfeito triângulo amoroso, não? Talvez tenha sido por isso que escreveu A Todos os Rapazes que Amei, um livro que retrata a indecisão amorosa de Lara Jean, a rapariga que nunca teve um namorado e que só lhes escrevia cartas de amor. Mas a vida troca-lhe as voltas quando Lara se apaixona por Peter e os dois se tornam um par que, tal como Tessa e Hardin, não parece ter nada para dar certo.


as vantagens de ser invisível
Edição em inglês:
The Perks of Being a Wallflower

As Vantagens de Ser Invisível

Stephen Chbosky

Todos temos segredos e Hardin Scott não é o único rapaz misterioso no mundo da literatura infantojuvenil. Na verdade, há muitos. Um dos mais populares talvez até seja Charlie, o protagonista deste As Vantagens de Ser Invisível. Stephen Chbosky, hoje uma referência no mundo do young adult, inspirou-se na sua própria juventude para escrever esta história narrada por um miúdo sensível com uma inteligência acima da média que balança continuamente entre viver a vida ou fugir dela.


riverdale

Riverdale: O Dia Anterior

Micol Ostow

A série televisiva Riverdale, inspirada nos livros escritos por Roberto Aguirre-Sacasa, deixou Micol Ostow obcecada com tantos mistérios. Mas tudo se tornou mais sério quando recebeu um e-mail no qual lhe pediam para escrever uma prequela da série. O objetivo era desmistificar todos os segredos sobre o dia em que Riverdale acordou com a notícia da misteriosa morte de Jason Blossom, popular membro da família mais poderosa da cidade. Riverdale: O Dia Anterior dá-te a conhecer as perspetivas das várias personagens e o que estavam a fazer no dia em que Jason supostamente morreu. Será que é assim que vais descobrir o culpado?


Seafire

Seafire

Natalie G. Parker

Escrever sobre mulheres piratas pode não ser muito comum, mas Natalie Parker, que cresceu numa família de marinheiros e viveu toda a sua infância perto do mar, é uma especialista. A autora conta-nos a história de coragem e sobrevivência de Caledonia, uma mulher forte que, depois de perder a família, fica a cargo de uma tripulação constituída apenas por raparigas. Para que possam sobreviver (e procurar vingança), Caledonia terá de tomar duras decisões. Mais ou menos como em After, quando Tessa toma o seu futuro nas mãos e decide se deve ou não trocar o namorado por Hardin.


Ja te Disse que te amo

Já te Disse Que te Amo?

Estelle Maskame

Dificilmente encontramos um livro tão parecido com After como Já te Disse Que te Amo?. A autora, que até começou a escrever o romance via Wattpad, tal como Anna Todd, conta-nos uma história típica de amor proibido. Foi no verão em que se mudou para Los Angeles que Eden conheceu Tyler, o filho mais velho da sua madrasta, que parecia ser insuportável. Estava longe de saber que se haveria de apaixonar por Tyler – que, tal como Hardin, é um bad boy inconsequente e violento que esconde um passado difícil.


Cidades-de-Papel
Edição em inglês:

Paper Towns

Cidades de Papel

John Green

Se em After vivemos o romance de uma rapariga com um rapaz misterioso, em Cidades de Papel a dinâmica inverte-se. O autor de A Culpa é das Estrelas conta-nos a história de Quentin, que tem uma paixão secreta pela colega de escola e vizinha. O que Quentin não sabe é que a misteriosa Margo não é a rapariga perfeita que sempre imaginou. Pelo menos até ao dia em que ela desaparece, altura em que se começa a aperceber de que “se calhar ela adorava tanto os mistérios que acabou por se tornar ela própria num mistério”, como desabafa no livro.

Por: Inês Martins
Fotografias: Cinemundo Lda.

Gostou? Partilhe este artigo: