Descobre as diferenças: Marvel Comics vs. Universo Cinematográfico Marvel

avengers-infinity-war-prelude
AVENGERS: INFINITY WAR (PRELUDE)
Corona Pilgrim e Tigh Walker
As aventuras que precedem e levam ao devastador confronto de alguns dos maiores super-heróis da Terra com Thanos.

Avengers: Infinity War [ou, em português, Vingadores: Guerra do Infinito] adaptou ao grande ecrã uma das mais memoráveis bandas desenhadas de todos os tempos. Um trabalho que levou à Marvel dez anos a concluir.

Assegurado sucesso de bilheteiras, o 19.º filme no Universo Cinematográfico Marvel mantém intacto o potencial dos super-heróis como inspiração para grandes blockbusters. Mas nem tudo é o que parece: por muito que aprecies os filmes da Marvel, estes são por vezes tão diferentes do material em que se baseiam que não dispensam a leitura das bandas desenhadas originais. A Estante ajuda-te a descobrir algumas das diferenças entre Marvel Comics e o Universo Cinematográfico Marvel.

GUERRA DO INFINITO

THANOS: THE INFINITY RELATIVITY
Jim Starlin
Adam Warlock junta-se aos Guardiões da Galáxia para derrubar o perigoso Annihilus, mas poderá precisar também da ajuda de… Thanos.

 


UNIVERSO
CINEMATOGRÁFICO
MARVEL

Consiste numa seleção de – por enquanto – 19 filmes (mais curtas-metragens e séries televisivas) que partilham o mesmo universo e, embora funcionem como histórias individuais, integram uma única aventura coletiva. Quantos já viste?
Homem de Ferro (2008)
O Incrível Hulk (2008)
Homem de Ferro 2 (2010)
Thor (2011)
Capitão América: O Primeiro Vingador (2011)
Os Vingadores (2012)
Homem de Ferro 3 (2013)
Thor: O Mundo das Trevas (2013)
Capitão América: O Soldado do Inverno (2014)
Guardiões da Galáxia (2014)
Vingadores: A Era de Ultron (2015)
Homem-Formiga (2015)
Capitão América: Guerra Civil (2016)
Doutor Estranho (2016)
Guardiões da Galáxia, Vol. 2 (2017)
Homem-Aranha: Regresso a Casa (2017)
Thor: Ragnarok (2017)
Black Panther (2018)
Vingadores: Guerra do Infinito (2018)

Escrita por Jim Starlin, ilustrada por George Pérez e Ron Lim, e publicada em seis volumes entre julho e dezembro de 1991, The Infinity Gauntlet (publicada em português com o título Desafio Infinito) tem a mesma premissa de Vingadores: Guerra do Infinito.

É a história de Thanos, um vilão nascido na maior lua de Saturno, que procura apoderar-se das seis Joias do Infinito a fim de controlar todos os seus domínios (Alma, Mente, Poder, Tempo, Realidade e Espaço) e tornar-se omnipotente e omnisciente. O mais curioso é que o deseja apenas para conquistar a personificação da Morte, por quem se apaixonou e a quem prometeu extinguir metade da população do universo – com um simples estalar de dedos.

As semelhanças entre livros e filme quase terminam por aqui.Vingadores: Guerra do Infinito foca-se na busca de Thanos pelas poderosas joias, enquanto a história “principal” dos livros arranca já após essa tentativa. O campo de batalha também é radicalmente diferente: no filme, Thanos desloca-se à Terra; nos livros, o confronto tem lugar inteiramente no espaço.

Além disto, nos comics, um dos protagonistas da aventura é Adam Warlock, personagem que, de acordo com o realizador James Gunn, terá “um futuro nos filmes da Marvel”, mas não já neste Vingadores: Guerra do Infinito. O mesmo acontece com heróis como o Surfista Prateado.

Também o diabólico Mefisto está ausente do filme, uma ausência de relevo se considerarmos que o personagem serve de conselheiro (e manipulador) de Thanos ao longo de toda a aventura. Até lhe pertence a fala inicial da história: “Não é possível negar: o senhor é supremo. O senhor é tudo o que deseja. Tudo o que o senhor deseja acontece. Nada neste universo ousa desafiar a sua vontade. Só há uma palavra para descrever o senhor: deus.”

Não são estas as únicas alterações no elenco. As questões que envolvem o licenciamento de equipas como Quarteto Fantástico e X-Men e tornam impossíveis as suas inclusões em Vingadores: Guerra do Infinito não são muito importantes para o enredo – isto porque, com a exceção de Wolverine, nenhum dos membros destes supergrupos faz parte da narrativa original. Por outro lado, personagens que nem sequer surgem na história original, como Black Panther, Hawkeye, Homem-Formiga, Loki e grande parte dos Guardiões da Galáxia, veem a sua importância acrescida nesta adaptação ao cinema.

Embora se aguarde uma sequela de Vingadores: Guerra do Infinito para maio de 2019, parece também segura a ausência de entidades cósmicas que, nos comics, desempenham um papel importante na luta contra Thanos, como Eternidade, Estranho, Lorde Caos e Mestre Ordem, Kronos, Amor e Ódio e Galactus.

Não que isto seja verdadeiramente essencial, até porque, nas palavras de Adam Warlock na banda desenhada, “Thanos controla o tempo, a realidade, o espaço, o poder, a alma e a mente. Ele comanda literalmente tudo o que existe. É invencível. Taxativamente omnipotente. Não digo isto como exercício de retórica. É a pura realidade. O poder dos nossos aliados é menos do que nada contra Thanos. Já estão derrotados mesmo antes de a batalha começar. O verdadeiro propósito do seu ataque é meramente diversivo. Não passam de carne para canhão. E que as estrelas me perdoem pelo destino que lhes reservei.”

OUTRAS DIFERENÇAS ENTRE
MARVEL COMICS E UNIVERSO CINEMATOGRÁFICO MARVEL

VINGADORES

No cinema
Elenco original constituído por Homem de Ferro, Hulk, Thor, Capitão América, Viúva Negra e Hawkeye
Nos comics
Elenco original constituído por Homem de Ferro, Hulk, Thor, Vespa e Homem-Formiga

HOMEM-ARANHA

No cinema
Forte relação com o Homem de Ferro; a tia May é a Marisa Tomei
Nos comics
Sem ligação óbvia ao Homem de Ferro; a tia May é uma velhota ternurenta (exceto em Ultimate Spider-Man, onde é mais jovem)

HULK

No cinema
Mais controlado e racional; nascido após um acidente num laboratório
Nos comics
Nascido quando Bruce Banner é atingido pela explosão de uma bomba gama

SCARLET WITCH E QUICKSILVER

No cinema
Ganharam os poderes depois de terem sido cobaias em experiências
Nos comics
São mutantes, filhos de Magneto

NEBULA

No cinema
Filha adotiva de Thanos
Nos comics
Neta de Thanos

ULTRON

No cinema
Criado por Tony Stark (Homem de Ferro) e Bruce Banner (Hulk)
Nos comics
Criado por Hank Pym (Homem-Formiga)

Por: Tiago Matos

 

Gostou? Partilhe este artigo: