David Grossman vence Man Booker International Prize

david-grossman-revista-estante-fnac

O autor israelita David Grossman foi galardoado com o Man Booker International Prize, prémio que distingue as melhores obras de ficção do mundo traduzidas para inglês e publicadas no Reino Unido, pelo seu último romance, A Horse Walks Into a Bar.

Uma obra, segundo o porta-voz do júri, Nick Barley, que “lança uma nova luz sobre os efeitos da tristeza, sem qualquer vestígio de sentimentalismo”. “A personagem principal é desafiadora e tem defeitos, mas é completamente cativante. Ficámos boquiabertos com os riscos emocionais e estéticos que Grossman assume: cada frase conta, cada palavra conta, neste exemplo supremo de arte de um escritor.”

Tendo como cenário uma pequena cidade israelita, A Horse Walks Into a Bar acompanha o comediante Dovaleh Greenstein que, durante uma atuação, começa a revelar-se como nunca o havia feito em palco e, ao fazê-lo, desenvolve uma ligação profunda com a plateia, algo que promete alterar a vida dos seus elementos.

Ao arrecadar o Man Booker International Prize, o autor nascido em Jerusalém em 1954 receberá 50 mil libras (cerca de 57 mil euros), que serão divididas entre si e a tradutora do livro, Jessica Cohen. Grossman disputou este prémio com 13 outros nomeados, entre eles o também israelita Amos Oz (autor de Judas) e o francês Mathias Énard (Bússola).

 

Gostou? Partilhe este artigo: