Carla Pais já não vai receber o Prémio Revelação Agustina Bessa-Luís

premio-literario-agustina-bessa-luis-revista-estante-fnac

O Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís, no valor de 10 mil euros, já não vai ser atribuído a Carla Pais. Em novembro de 2016, a escritora foi distinguida pelo livro Mea Culpa, que o júri presidido presidido por Guilherme d’Oliveira Martins definiu como “um romance que transporta o leitor para um duro patamar de existência humana e social”, mas a eleição foi agora anulada.

O júri justifica a decisão, tomada de forma unânime, com a violação do regulamento definido para o galardão. Isto porque o Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís se destina a distinguir um primeiro romance de um autor português e Carla Pais tinha já publicado, no passado, outros romances.

Instituído pela Estoril Sol em 2008, o Prémio Literário Revelação Agustina Bessa-Luís distinguiu já nomes como Raquel Ochoa (com A Casa-Comboio), Marlene Ferraz (com A Vida Inútil de José Homem) e Paula Cristina Rodrigues (com Horizonte e Mar).

Gostou? Partilhe este artigo: