Boo! Os livros que te vão assustar este Halloween

halloween-revista-estante-fnac

O Halloween até pode não ser uma tradição tipicamente portuguesa, mas é um excelente pretexto para lermos algumas das histórias mais assustadoras que conseguimos encontrar.

Nos últimos anos já te explicámos a história desta celebração, já te sugerimos livros para partilhares com a família e já fizemos uma compilação dos melhores livros de terror. Desta vez apresentamos-te alguns dos thrillers mais interessantes do momento. Para que passes um Halloween repleto de livros, mas com os arrepios do costume.


A Coisa

Stephen King

Halloween que é Halloween não fica completo sem um livro do homem que revolucionou o terror. E nem tenhas dúvidas: é mesmo este que deves escolher como companhia. Ou, melhor dizendo, estes. Isto porque a Bertrand Editora optou por dividir em dois volumes um dos mais elogiados – e aterradores – livros de Stephen King na sua primeira tradução para português de Portugal. (É compreensível: são, no total, mais de 1200 páginas.)

Originalmente publicado em 1986, A Coisa é um livro sobre o medo. Sobre aquilo que assusta cada um de nós, sejam aranhas, palhaços ou terrores menos palpáveis.

Ao longo da narrativa acompanhamos um grupo de crianças – o mesmo que inspirou, por exemplo, as de Stranger Things – e, mais tarde, o mesmo grupo já adulto. Numa e noutra fase veem-se perseguidos por uma criatura que utiliza o medo para se alimentar, adotando qualquer forma que deseje, mas em particular a de um horripilante palhaço assassino. Pennywise.

A Coisa foi adaptado à televisão em 1990 e, já em 2017, ao cinema. Lê esta história enquanto não estreia o segundo capítulo no grande ecrã e não te deixes arrastar para os esgotos onde, assegura o palhaço, “tudo aqui em baixo flutua”.


os-contos-mais-arrepiantes-de-howard-phillips-lovecraft

Os Contos Mais Arrepiantes de Howard Phillips Lovecraft

H. P. Lovecraft

Depois de Edgar Allan Poe e antes de Stephen King, se fossemos obrigados a indicar o nome de apenas um grande escritor de terror, seria o de H. P. Lovecraft. Goste-se ou não do seu estilo, o homem que criou o célebre mito de Cthulhu escreveu obras incontornáveis do género. Como, por exemplo, “Herbert-West, o Reanimador”, sobre um jovem médico que decide encontrar uma forma de reanimar pessoas mortas. Esta é uma das várias histórias reunidas nesta edição de colecionador que inclui ilustrações de 22 artistas nacionais, entre os quais João Maio Pinto, Ricardo Cabral e Joana “Mosi”.


elmo-do-horror

O Elmo do Horror

Victor Pelevin

Não é um livro de terror tradicional. Também não é um thriller psicológico ou algo identicamente macabro. Na verdade, não é fácil definir o género deste romance escrito pelo russo Victor Pelevin. Podemos, no entanto, assegurar que se trata de uma fabulosa reinterpretação de um mito antigo, o de Teseu e o Minotauro. Só que em vez de nos deixarmos levar para o Labirinto de Creta, acompanhamos um grupo de desconhecidos perdido no labirinto da Internet. Literalmente. O livro é composto pelos seus diálogos numa sala de chat, à medida que se veem perseguidos por uma força misteriosa.


rapaz-porta

O Rapaz à Porta

Alex Dahl

“Terça-feira, acordo zangada. Acontece-me muitas vezes, para ser franca, mas hoje é pior do que de costume.” É desta forma que damos entrada na vida de Cecilia Wilborg, uma mulher que dá por si envolvida numa situação absurda. Tudo porque um dia alguém se esquece de ir buscar um rapazinho no final de uma aula de natação. Acaba por ser Cecilia a levá-lo a casa, mas na morada que lhe dão não parece que more alguém. Leva-o então para sua própria casa, mas na manhã seguinte, ao deixá-lo na escola, descobre que o rapaz não estuda lá. E que ninguém sabe quem é.


castigo-ignorantes

O Castigo dos Ignorantes

Michael Hjorth e Hans Rosenfeldt

Para muitas pessoas os exames escolares foram – ou ainda são – um pesadelo. É provável que sentissem a pressão de falhar, o peso da responsabilidade, o medo das consequências. Agora imagina o que seria se a tua própria existência estivesse em jogo. É o que acontece neste thriller da dupla Hjorth/Rosenfeldt, o quinto protagonizado pelo investigador Sebastian Bergman: um assassino rapta celebridades, supostamente referências para as jovens gerações, e faz-lhes dezenas de questões. Se provarem ser inteligentes ao ponto de passarem no exame, vivem; caso contrário são castigados com a morte.


menina-na-floresta

A Menina na Floresta

Camilla Läckberg

Uma menina pequena surge morta na floresta de Fjällbacka. Precisamente 30 anos depois de outra menina pequena ter sido encontrada no mesmo lugar. Na altura duas raparigas adolescentes foram dadas como culpadas – na verdade, confessaram o crime. Mas será que o terão realmente executado? Ou haverá um assassino de crianças à solta na cidade? Um thriller para um Halloween cheio de mistério, assinado pela autora de A Princesa de Gelo e O Olhar dos Inocentes.


segredos-mortais

Segredos Mortais

Robert Bryndza

Continuamos com os thrillers. Este é o sexto livro protagonizado pela inspetora Erika Foster (que conhecemos em A Rapariga no Gelo), chamada desta vez a investigar o caso de uma jovem de 22 anos, dançarina de burlesco, que é encontrada morta a meros passos da porta de casa da mãe. Em paralelo, parece haver um atacante à solta, um homem extremamente alto, sempre vestido de preto, com uma máscara de gás a tapar-lhe a cara. Estarão estes casos relacionados? É o que poderás descobrir neste Halloween.


Por: Tiago Matos

Gostou? Partilhe este artigo: