Arquivos pessoais de García Márquez abertos ao público no Texas

Uma das bibliotecas da Universidade do Texas, nos Estados Unidos, disponibilizou para consulta pública uma gigantesca coleção de materiais que pertenceram a Gabriel García Márquez.

A coleção inclui cerca de 40 caixas com documentos literários – entre os quais rascunhos à mão de obras como Cem Anos de Solidão, O Amor nos Tempos de Cólera e Do Amor e Outros Demónios –, uma dúzia de caixas com cartas datadas entre 1961 e 2013 e centenas de fotografias do autor colombiano.

Disponível para consulta junto com outros materiais semelhantes de autores como William Faulkner, James Joyce e Jorge Luis Borges, o arquivo permitirá uma maior compreensão da vida e obra de Gabriel García Márquez.

Gostou? Partilhe este artigo: