Armando Silva Carvalho distinguido no Correntes d’Escritas

armando-silva-carvalho-revista-estante-fnac

Armando Silva Carvalho foi hoje distinguido com o Prémio Literário Casino da Póvoa, atribuído na sessão inaugural da 18.ª edição do festival literário Correntes d’Escritas.

O painel de jurados, composto por Almeida Faria, Ana Gabriela Macedo, Carlos Quiroga, Inês Pedrosa e Isaque Ferreira, elegeu A Sombra do Mar, coleção de poemas publicada pela Assírio & Alvim, para esta distinção no valor de 20 mil euros. O livro já havia sido galardoado com o Grande Prémio de Poesia António Feijó, o Prémio Literário Fundação Inês de Castro e o Prémio Autores para melhor livro de poesia.

No arranque do festival literário, que decorre no Casino da Póvoa, na Póvoa do Varzim, estiveram o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o Ministro da Cultura, Luís Filipe Castro Mendes, que estava nomeado na mesma categoria de Armando Silva Carvalho com o livro Outro Ulisses Regressa a Casa.

Quanto aos restantes candidatos ao prémio, o júri destacou também as obras Bisonte, de Daniel Jonas, e O Fruto da Gramática, de Nuno Júdice.

No Correntes d’Escritas, foram também revelados os vencedores do Prémio Conto Infantil Ilustrado. Confere, abaixo, a lista completa de vencedores:

  • 1.º lugar: Uma Limpeza Necessária, da turma 4.ºA da Escola Básica José Manuel Durão Barroso, em Armamar;
  • 2.º lugar: Fábrica de Corações, do 4.ºano do Externato Passos Manuel, em Lisboa;
  • 3.º lugar: A História que o Miki Contou, da turma 4ºB da Escola Básica José Manuel Durão Barroso, em Armamar;
  • Menção Honrosa de Ilustração: O Dicionário da Amizade, da turma 4ºAbp da Escola Básica Bom Pastor, no Porto.

Gostou? Partilhe este artigo: