António Tavares vence Prémio Leya 2015

António Tavares é o vencedor da edição de 2015 do Prémio Leya, que tem o valor de 100 mil euros e distingue anualmente um romance inédito escrito em português. A obra vencedora intitula-se O Coro dos Defuntos.

António Tavares é professor e o vice-presidente da Câmara Municipal de Figueira da Foz. Já tinha sido finalista do Prémio Leya em 2013, com As Palavras que me Deverão Guiar um Dia. Sucede agora a Murilo Carvalho (O Rastro do Jaguar), João Paulo Borges Coelho (O Olho de Hertzog), João Ricardo Pedro (O Teu Rosto Será o Último), Nuno Camarneiro (Debaixo de Algum Céu), Gabriela Ruivo Trindade (Uma Outra Voz) e Afonso Reis Cabral (O Meu Irmão) na lista de vencedores.

Os jurados da edição de 2015 do Prémio Leya foram Manuel Alegre, Nuno Júdice, Pepetela, José Castello, José Carlos Seabra Pereira, Lourenço do Rosário e Rita Chaves.

Gostou? Partilhe este artigo: