A ler: Histórias Inesquecíveis


Um livro para…

Crianças de todas as idades. Leitores interessados em readaptações criativas.

Primeiras frases

“Tudo aconteceu há muitos anos, numa cidade bela e cheia de luz, no Sul de Espanha. Eram tempos em que os homens se passeavam sempre de espada, em que as pessoas andavam a cavalo e em que as casas se iluminavam com a luz das velas. Não havia nem aviões nem computadores, estão a ver?

Sobre o livro

“Belissimamente ilustrado, este livro oferece aos jovens leitores um primeiro encontro fulgurante e acessível com alguns dos pesos-pesados da literatura.”
Metro

Se gostou deste livro, é provável que também goste de…

Os Lusíadas de Luís Vaz de Camões (João de Barros)

Sexta-Feira ou a Vida Selvagem (Michel Tournier)

Era Uma Vez um Rei que Teve um Sonho (Leonoreta Leitão)


As melhores histórias da literatura universal contadas aos mais novos. É esta a premissa do primeiro volume de um projeto que visa levar os clássicos às novas gerações.

Cinco grandes clássicos da literatura universal recontados por um lote diverso de escritores e ilustradores contemporâneos numa edição de formato grande e capa dura. É esta a receita do primeiro volume de um projeto que recupera alguns dos mais inesquecíveis personagens de sempre e os dá a conhecer a uma geração mais jovem.

O livro

Histórias Inesquecíveis faz parte de um projeto intitulado “Save the Story”, que tem por objetivo salvar do esquecimento os grandes clássicos da literatura, adaptando-os aos tempos modernos e dirigindo-os às gerações mais jovens. No primeiro de dois volumes previstos de Histórias Inesquecíveis encontram-se novas versões das histórias de Don Giovanni (também conhecido como “Don Juan”), de Antígona (de Sófocles), de Crime e Castigo (de Fiódor Dostoiévski), de Gulliver de Jonathan Swift, e do Capitão Nemo de Júlio Verne. Cada uma das histórias é ilustrada por um artista diferente. Além das histórias, o volume inclui informação sobre as suas origens e biografias de todos os autores e ilustradores participantes.

Os autores

Alessandro Baricco é italiano e o homem por trás deste projeto. Nascido em 1958, é escritor, músico, realizador e cofundador da Scuola Holden, uma escola de escrita criativa que assume como foco o storytelling. Foi de uma parceria entre a sua escola e a Biblioteca di Repubblica L’Espresso que nasceu este livro. No que diz respeito aos cinco contos que compõem o livro, “Gulliver” é escrito por Jonathan Coe e ilustrado por Sara Oddi, “Antígona” é escrito por Ali Smith e ilustrado por Laura Paoletti, “Capitão Nemo” é escrito por Dave Eggers e ilustrado por Fabian Negrin, “Crime e Castigo” é escrito por Abraham B. Yehoshua e ilustrado por Sonja Bougaeva, e “Don Giovanni” é escrito pelo próprio Alessandro Baricco e ilustrado por Alessandro Maria Nacar.

O gancho

A grande mais-valia de Histórias Inesquecíveis é que as histórias não são apenas simplificadas mas efetivamente recontadas por um lote diverso que inclui alguns dos mais talentosos escritores da atualidade. Os contos mantêm, por isso, a naturalidade e envolvência narrativas e, em simultâneo, o espírito dos originais.

Gostou? Partilhe este artigo: