8 livros para quem não passa um dia sem ouvir música

musica-livros-revista-estante-fnac

Não passas um dia sem ouvir música? Não falhas uma letra? Temos uma seleção de livros perfeita para ti.

freddie-mercury-uma-biografia

Freddie Mercury: Uma Biografia

Alfonso Casas

Who wants to live forever?” Freddie Mercury até pode não ter querido viver para sempre, mas a verdade é que permanece bem vivo nas nossas mentes, com o característico bigode e a inconfundível voz. A história do homem que se tornou lenda é-nos agora apresentada por Alfonso Casas neste livro ilustrado que é também uma biografia ordenada, do nascimento à morte, como se de um trecho de “Bohemian Rhapsody” se tratasse.


born-to-run-revista-estante-fnac

Born to Run: Autobiografia

Bruce Springsteen

Uma “longa e ruidosa oração” sobre música, família, ambição e determinação. Pelo menos é assim que Bruce Springsteen descreve a autobiografia que intitulou com o mesmo nome daquele que será provavelmente o seu mais célebre álbum: Born to Run (1975). Neste livro, “The Boss” revela, por exemplo, que o sucesso do tema “Born in the USA” – confessa, leste isto a cantar, certo? – funcionou como ponto de viragem, na medida em que o obrigou a refletir ainda mais profundamente sobre a forma como apresentava a sua música.


Rita-Lee-Uma-Autobiografia

Rita Lee: Uma Autobiografia

Rita Lee

É possível que ao leres este livro penses que estás perante uma biografia não autorizada, tal é a honestidade com que Rita Lee expõe a sua vida. Mas a verdade encontra-se no título. Nesta autobiografia, uma das mais populares artistas do pop rock brasileiro revela-nos as suas histórias mais íntimas percorrendo a sua infância, o amor, a vida na estrada, a prisão (em 1976), a maternidade… e até as trips que sofreu devido ao excesso de álcool e drogas.


lobos-que-foram-homens-moonspell

Lobos que Foram Homens

Ricardo S. Amorim

Dos bairros da Brandoa para alguns dos maiores palcos em todo o mundo. Com mais de 25 anos de carreira, os portugueses Moonspell veem neste livro a sua história contada por Ricardo S. Amorim – não confundir com o guitarrista Ricardo Amorim –, que acompanhou a banda ao longo de um ano. Uma abordagem sem filtros que nos permite um acesso privilegiado aos bastidores das digressões, aos rituais pré-concerto de Fernando Ribeiro e companhia e à ascensão dos Moonspell ao estatuto de referência no metal europeu.


tantas-palavras

Tantas Palavras

Chico Buarque

É um verdadeiro ícone brasileiro. Cantor, compositor, escritor e, desde o final de maio, o mais recente Prémio Camões. Em Tantas Palavras, Chico Buarque apresenta-nos aquilo que tem sido descrito como uma “arca de tesouro literário”, um livro no qual se encontram reunidas mais de 300 letras escritas pelo próprio. Inclui ainda uma extensa reportagem biográfica, da autoria do jornalista Humberto Werneck, que explica os contextos por detrás de grande parte das letras.


cinco-minutos-de-jazz

Cinco Minutos de Jazz

José Duarte

Jazz. Como em quase tudo, há quem ame e quem deteste. Quem associe a lendas como Charlie Parker, Miles Davis e Buddy Rich e quem entenda somente como música de elevador. José Duarte faz parte do lote que ama. Em 1966, estreou-se na rádio com o programa Cinco Minutos de Jazz, que dura até aos dias de hoje – é, de resto, o programa de rádio há mais tempo no ar em Portugal. Sempre se dedicou a “espalhar a palavra do jazz” e é isso que faz neste livro, composto pelos textos que foi lendo ao longo dos últimos 30 anos.


grande-compendio-de-audiogesicos-da-doutora-ana-correia

O Grande Compêndio de Audiogésicos da Doutora Ana Correia

Ana Markl

Sentes um entupimento nas vias sentimentais e já não sabes o que fazer? Experimenta seguir os conselhos de Ana “Correia” Markl que, quatro anos depois de ter trazido uma medicina totalmente alternativa para as manhãs da Antena 3, escreveu um “manual musical para a vidinha”. Em O Grande Compêndio de Audiogésicos da Doutora Ana Correia podes, por isso, esperar encontrar a cura musical para todos os males. Exemplo: tens um défice de motivação matinal? A cura passa por ouvires “Today”, dos Smashing Pumpkins.


should-i-stay-should-i-go

Should I Stay or Should I Go?

James Ball

E se as grandes questões da música fossem levadas a sério? Por exemplo, como soam realmente as raposas? Os Ylvis quiseram-nos convencer que soam a algo como “ring-ding-ding”, mas não. E serão mesmo as raparigas que mandam no mundo, como canta Beyoncé? O jornalista James Ball leva estas e muitas outras questões retóricas da música a sério e oferece as melhores e mais hilariantes respostas possíveis, socorrendo-se de estatísticas, ciência e factos históricos.

Por: Inês Martins

Gostou? Partilhe este artigo: