7 livros que todos os universitários deviam ler

Se estás na universidade, parabéns. O mundo é ainda a tua ostra, como se costuma dizer. Mas um conselho: não te esqueças dos livros. Não dos manuais que o plano de estudos te recomenda, mas dos outros, os que também te ensinam a ser uma pessoa melhor. A Estante sugere sete, entre ficção e não ficção, que todos os universitários deveriam ler.


Breve-Historia-de-Quase-Tudo

BREVE HISTÓRIA DE QUASE TUDO

Bill Bryson

Agora que chegaste a uma fase da tua vida em que vais querer aprofundar conhecimentos nas mais diversas áreas, deves procurar munir-te das melhores fontes de informação. E Bill Bryson é uma dessas fontes. Através deste livro poderás reter precisamente aquilo que é anunciado no título: uma breve história de quase tudo, de física e química a biologia e geologia, sempre num estilo divertido que dispensa linguagem demasiado técnica. Resultado de anos de investigação, Breve História de Quase Tudo vai tornar-te (ainda) mais culto.


This-Side-of-Paradise

THIS SIDE OF PARADISE

F. Scott Fitzgerald

O que se faz quando se está na universidade? F. Scott Fitzgerald escrevia. Enquanto estudava em Princeton, o hoje célebre autor do clássico O Grande Gatsby escreveu um manuscrito que serviu de rascunho a este seu primeiro romance. O protagonista é Amory Blaine, também ele um jovem estudante que chega à universidade convencido que terá um futuro profissional risonho pela frente, mas cedo se deixa distrair por um romance que não corre da melhor forma e por outras urgências da vida. Um romance com elementos autobiográficos que dá uma nova perspetiva sobre a vida de um estudante.


Norwegian-Wood

NORWEGIAN WOOD

Haruki Murakami

Por falar em O Grande Gatsby, é este o clássico que o protagonista deste romance de Haruki Murakami passa o tempo a ler. Toru Watanabe é um jovem que se muda para uma residência estudantil em Tóquio enquanto estuda Teatro numa universidade local. Ou pelo menos era, já que este período é-nos relatado sob a forma de um flashback enquanto o narrador recorda aqueles que deixou para trás. Considerado por muitos o melhor livro de Murakami, Norwegian Wood faz-nos perceber que os anos que passamos na universidade podem muito bem marcar-nos para sempre.


Outliers

OUTLIERS

Malcolm Gladwell

Quem são os “outliers”? De acordo com Malcolm Gladwell, são aqueles para quem o sucesso não é medido da mesma forma que para o comum dos mortais, aqueles que são verdadeiramente excecionais, os melhores, mais inteligentes e mais bem-sucedidos. E a pergunta é: o que faz com que estas pessoas sejam outliers? É o que o autor explica, revelando no processo alguns dos segredos dos milionários do software, dos matemáticos asiáticos e até de grandes músicos como os Beatles. Será que também tens o que é preciso para te tornares um outlier?


#girlboss

#GIRLBOSS

Sophia Amoruso

Com apenas 33 anos, Sophia Amoruso pode muito bem ser uma outlier. É a fundadora da Nasty Gal, uma retalhista americana que, em pouco mais de uma década, conta com mais de 550 mil clientes espalhados por 60 países. É também a autora de #Girlboss, livro que deu origem a uma série na Netflix e que ensina os jovens – e especialmente as jovens – que o sucesso no mundo dos negócios é muito mais do que as notas que se conseguem na universidade; implica sobretudo confiar no nosso instinto e perceber que regras devem ser seguidas e que regras devem ser quebradas. Para potenciais empreendedores e empreendedoras, é um livro que descomplica o sucesso.


Licenciei-me

LICENCIEI-ME… E AGORA?

Catarina Alves de Sousa

De certeza que já percebeste que a universidade não é o fim, mas o começo da tua vida. Ou da tua nova vida. Se estás prestes a terminar o teu curso superior, parabéns. Mas começa desde já a pensar no que está para vir. Como poderás mostrar a futuros empregadores que és a opção certa para o teu cargo de sonho? Este livro ajuda-te a preparar o currículo, a escrever a carta de apresentação e a compor e-mails de candidatura que maximizam as tuas possibilidades de sucesso no mercado de trabalho. Sabe mais aqui.


Congratulations-by-the-Way

CONGRATULATIONS, BY THE WAY

George Saunders

Em maio de 2013, o professor e escritor George Saunders fez um discurso para os recém-licenciados da Universidade de Syracuse, nos Estados Unidos, que correu o mundo, tendo inclusive sido partilhada pelo The New York Times. Um breve resumo: “Aquilo de que mais me arrependo na minha são de falhas de gentileza. Daqueles momentos em que outro ser humano esteve ali, à minha frente, a sofrer, e eu respondi… de forma sensível. Reservada. Amena. […] É um pouco simplista, talvez, e certamente difícil de implementar, mas eu diria que, como objetivo de vida, poderiam fazer bem pior do que assumir este: tentem ser mais gentis.” Este livro contém o discurso em que esta pequena grande mensagem é explicada.


 

Gostou? Partilhe este artigo: