10 livros que nos fazem dar mais valor à democracia

democracia-revista-estante-fnac

Sabemos que a sociedade em que vivemos tem como princípio a democracia. Mas será que sabemos exatamente o que isso significa? A Estante apresenta-te dez livros que nos remetem às origens da democracia e nos fazem valorizar a liberdade e a igualdade.

DEMOCRACIA

Criada na Grécia Antiga, a democracia é um sistema de governação que defende a concessão do poder ao povo e no qual o governo é função de todos os homens livres. Mas não se limita ao cumprimento das leis. Sem liberdade e igualdade, a democracia não teria o poder que tem hoje.

Democracia

Democracia

Alecos Papadatos, Abraham Kawa e Annie di Donna

Era uma vez a democracia europeia… Poderia ser este o início de Democracia, uma novela gráfica que recua a 490 a.C., véspera da batalha ateniense pela independência e pela democracia, apresentando-nos a um grupo de soldados que debatem sobre esta revolucionária ideia e sobre a possibilidade de um futuro sob um sistema político em que o povo é o principal decisor.

como-pode-ser-democracia

Como Pode Ser a Democracia

Equipo Plantel e Marta Pina

A democracia e a liberdade andam sempre de mãos dadas: uma não existe sem a outra. Neste livro ilustrado dedicado aos mais novos e galardoado com um Bologna Ragazzi Award, esta relação assume a forma de um jogo perfeito, pois ninguém perde e todos ganham. O prémio é o que todos desejamos, ainda que por vezes nos passe despercebido quando o temos: a liberdade de escolher o que pensar, dizer e fazer.

Os-Inimigos-Intimos-da-Democracia

Os Inimigos Íntimos da Democracia

Tzevetan Todorov

A ascensão do comunismo, as guerras no Iraque e no Afeganistão e as primaveras árabes são alguns dos momentos que servem de ponto de partida para este ensaio sobre moralidade e justiça. Com base na sua experiência pessoal enquanto cidadão de uma Bulgária comunista, Tzevetan Todorov mostra-nos que existem ameaças concretas à democracia e enormes contradições numa sociedade que deve ter como base a liberdade.

LIBERDADE

“A liberdade de um termina onde começa a liberdade do outro”, diz o povo. Antigamente, esta era vista como o resultado de batalhas e da imposição de vontades e justiças. Hoje, é vista em coisas que parecem pequenas mas não são: a liberdade de pensamento, de expressão e de religião.

1984

1984

George Orwell

Nesta celebrada distopia, a sociedade é privada da sua liberdade graças à constante vigilância do Grande Irmão, uma entidade fisicamente representada por um homem de meia-idade, com uma aparência austera, símbolo do partido político no poder. Winston Smith, o protagonista, é mais um dos muitos manipulados pelo sistema – mas até quando? Um romance que, através da ficção, nos leva a refletir sobre a repressão e o medo.

A-Historia-de-Uma-Serva

A História de Uma Serva

Margaret Atwood

Nesta distopia adaptada recentemente à televisão, a baixa natalidade da população leva à criação de um movimento que garante a reprodução da espécie humana ao juntar todas as mulheres férteis num único lugar, obrigando-as a aprender as tarefas que desempenharão nas residências dos casais que não conseguem ter filhos: ter relações com o homem da família e gerar filhos para o casal. Uma história que nos leva a questionar o livre-arbítrio.

Cinco-Homens-que-Abalaram-a-Europa

Cinco Homens que Abalaram a Europa

Jaime Nogueira Pinto

Partindo de um contexto histórico onde a ditadura reinava, nasce este livro que cruza os caminhos de Estaline, Mussolini, Hitler, Salazar e Franco, cinco dos homens que mais marcaram o século XX e a sociedade moderna. O texto incentiva-nos a refletir sobre o que os une, os que os separa, o que os conduziu ao poder e a influência que tiveram na perda da liberdade de expressão.

The-Wikileaks-Files

The Wikileaks Files

A Wikileaks trouxe à tona verdades sombrias de crimes de corrupção e violação dos direitos humanos através da divulgação pública de 251 287 ficheiros secretos de vários estados. Neste livro, que conta com uma introdução do fundador da Wikileaks Julian Assange, mais de uma dezena de autores disserta sobre as consequências desta exposição, abordando temas como liberdade de informação, vigilância internacional e justiça.

IGUALDADE

“O sol, quando nasce, é para todos.” É por esta frase popular que a igualdade se rege. Elemento essencial para a concretização da democracia, a igualdade – de género, raça e credo, entre outras – tem sido uma luta de muitos governantes e movimentos políticos.

Deixemos-a-Liberdade-Vencer

Deixemos a Liberdade Vencer

Nelson Mandela

As ideias de Nelson Mandela, que toda a vida lutou pela igualdade, encontram-se eternizadas também em forma de livro. Deixemos a Liberdade Vencer é uma compilação de alguns dos seus mais importantes discursos enquanto líder na luta contra o apartheid e referência na defesa da democracia, tanto na sua África do Sul como no mundo.

por-um-tratado-de-democratizacao-da-europa

Por um Tratado de Democratização da Europa

Stéphanie Hennette, Thomas Piketty, Guillaume Sacriste e Antoine Vauchez

Para democratizar a governação da União Europeia, impedindo a desagregação e a ascensão do populismo, é necessário pôr fim às desigualdades sociais e económicas. É isto que nos diz este ensaio escrito por economistas, juristas e especialistas em ciência política, alertando ainda para a necessidade de que todos os cidadãos possam ter acesso ao debate europeu.

Eu-Tenho-um-Sonho

Eu Tenho um Sonho

Clayborne Carson

Martin Luther King foi um dos mais importantes líderes no movimento pelos direitos civis dos negros nos Estados Unidos. Marcou o mundo com as suas campanhas de não-violência e amor ao próximo. As suas lutas levaram-no à Marcha sobre Washington, em 1963, onde iniciou assim o seu mais famoso discurso: “Eu tenho um sonho.” Nesta biografia, que compila vários anos de pesquisa, Martin Luther King é-nos dado a conhecer nas suas mais diversas facetas: filho, estudante, marido, pai, pastor e voz do povo negro americano.

Por: Ana Catarina Pinto

Gostou? Partilhe este artigo: