10 livros para as férias da Páscoa

livros

Entre livros de aventura, sagas viciantes e obras didáticas, temos as sugestões ideais de livros infantojuvenis para o melhor programa de férias da Páscoa. Vem conhecê-las.

Uma Aventura em Conímbriga

Uma Aventura em Conímbriga

Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

O 59.º volume da coleção Uma Aventura tem como palco as ruínas de Conímbriga. Teresa, Luísa, João, Chico e Pedro voltam a meter-se em sarilhos e, durante o evento da recriação histórica da cidade, deparam-se com o líder de uma quadrilha e envolvem-se na procura de um tesouro. É o mote para mais uma grande aventura.

Os-Cinco-na-Ilha-do-Tesouro

Os Cinco na Ilha do Tesouro

Enid Blyton

E que tal visitares um dos maiores clássicos da literatura infantojuvenil? Neste primeiro volume da obra de Enid Blyton, Júlio, David, Ana, Zé e Tim – o elemento de quatro patas do grupo – envolvem-se numa caça ao tesouro durante umas férias na ilha de Kirrin. Mas não serão os únicos! Conseguirão eles desvendar o mistério por detrás de um navio naufragado e chegar primeiro do que os seus rivais aos bens preciosos?

 

A Última Paragem

A Última Paragem

Matt de la Peña e Christian Robinson

Todos os domingos, o Alex e a sua avó apanham o autocarro depois de irem à igreja. Ao longo de todo o trajeto, as questões de Alex são constantes: ele não entende por que razão os outros meninos têm carrinhos e gadgets e ele não. Esta história, que se traduz numa ternurenta conversa entre avó e neto, transmite-nos que a pobreza material não significa a pobreza espiritual. O livro conquistou já diversos prémios, entre os quais Livro de Honra Caldecott 2016, New York Times Book Review Notable Children’s Book 2015 e Melhor Livro Infantil de 2015 pelo Wall Street Journal.

Arrumado

Arrumado

Emily Gravett

O novo título de uma das autoras mais talentosas e premiadas da literatura infantil é uma curta narrativa que, de forma original e engraçada, nos convida a gostar do mundo tal como ele é. Conta a história de um texugo chamado Pedro, que é obcecado por limpezas e arrumações e, por isso, não deixa que a floresta seja o espaço natural com a desorganização ecológica que lhe é característica. O livro transmite a mensagem de que nada é perfeito, nem precisa de o ser, mas que há sempre a possibilidade de melhorar tudo.

Encontro T-Rex

Encontro Imediato com o T-Rex

Geronimo Stilton

Geronimo Stilton tem uma nova coleção que o leva a viajar no tempo. Neste primeiro livro, acompanhamos a sua jornada à Pré-História, a bordo da máquina do tempo inventada pelo professor Volt, a Ratonautilus. Entre várias descobertas e encontros com o temível Tiranossauro Rex, este é um livro que promete muita animação e que inclui ainda um passaporte e autocolantes para os leitores marcarem as viagens que já viveram à medida que adquirem os títulos da coleção.

Wuant

Wuant: O Início

Paulo Borges

O livro do youtuber Wuant, que conta atualmente com mais de um milhão de seguidores nesta rede social, não é uma biografia, mas um livro de um estilo de que Wuant é fã: banda desenhada. Foi-lhe dada a oportunidade de construir a história e, com ilustrações de Valente, concretizou um sonho e lançou o primeiro livro. Divertida, irreverente e de fácil leitura, é uma obra direcionada para a geração juvenil e, sobretudo, para os seus fãs e apoiantes.

Livro da Tinta Mágica

O Livro da Tinta Mágica

Erica Harrison

Um livro de cariz didático e a fugir à leitura. Procura entreter as crianças sem letras, mas com muitas ilustrações a preto e branco para colorir e completar. Basta molhar o pincel em água e passar sobre os desenhos que as cores aparecerão como por magia. Permite às crianças mais jovens explorarem a sua criatividade e entreterem-se com a arte da pintura.

Campeões das Primeiras Palavras

Campeões das Primeiras Palavras: Animais, Palavras, Quinta e Números

AA.VV

Uma coleção para crianças curiosas, composta por quatro pequenos livros – Animais, Palavras, Quinta e Números – que ensinam palavras sobre os mais diversos temas do dia a dia. Idealizados para caberem nas mãos dos mais pequenos, cada um destes livros dá a oportunidade de explorarem diversos mundos e de os descrever através das primeiras palavras.

Segunda Vez

Segunda Vez

Gaspar Trevo

Um formato inovador e diferente de todas as restantes sugestões. Esta série literária digital para jovens adultos pode ser consultada on-line através de um site onde é disponibilizado um capítulo por semana. Quanto à história, trata-se de uma distopia passada em Lisboa, numa realidade alternativa onde o Sol é o principal inimigo e um mundo virtual parece ser a única solução para um planeta habitável.

O Recruta

O Recruta

Robert Muchamore

Este é o primeiro volume de CHERUB, uma coleção sobre uma organização de espiões órfãos cujo objetivo, de acordo com o próprio autor, “é essencialmente atrair aqueles que não leem, para que depois possam ler outros livros também”. A saga já vendeu mais de oito milhões de livros em todo o mundo e conta com três séries. Neste primeiro volume, acompanhamos a intensa fase de recrutamento destes agentes com menos de 17 anos.


3 perguntas a Robert Muchamore, autor da coleção CHERUB


Quem lê os livros da CHERUB? Como descreveria o típico fã desta coleção?

Varia muito. Tenho leitores de 9 ou 10 anos que gostam muito (mesmo que algumas histórias sejam um pouco intensas para essa idade!) e outros que leem os meus livros desde que saiu o primeiro e que hoje têm 20 e muitos anos. Costumam classificar os meus livros como histórias para rapazes, mas tenho muitas leitoras também. Às vezes, em Portugal, chego a conhecer ainda mais raparigas do que rapazes!

A coleção fala muito de tecnologia, algo que está em constante evolução. Acha que um leitor novo será capaz de se rever nos seus livros?

Manter este tipo de história atual é uma luta constante. Escrevi o primeiro livro em 2002 e, ao lê-lo agora, reparo que fazem falta os smartphones e que as consolas de jogos são outras. Mas não me parece que isso seja impeditivo de umas horas bem passadas.

Tem planos para escrever novas aventuras da CHERUB?

Depois de 12 anos e 17 livros, acho que é altura de avançar para novos projetos. Por isso, tenciono escrever novos livros para os meus fãs, mas ao mesmo tempo deixar a CHERUB seguir o seu caminho.


Por: Ana Beatriz Oliveira

Gostou? Partilhe este artigo: