10 livros que imortalizam perfis dos anos 80

perfis-anos80-revista-estante-fnac

As pessoas são também um reflexo da época em que vivem e a heterogeneidade da década de 1980 deu origem a perfis bastante distintos. Apresentamos aqui alguns, junto com livros emblemáticos que os imortalizam.


Basquiat

ARTISTAS COM CONTEÚDO

Basquiat

Dieter Buchhart
Prestel

Chamava-se Jean-Michel Basquiat e deixou a sua marca no mundo das artes nova-iorquinas – e não só – com os seus graffiti e pinturas abstratas sobre os males da sociedade. Morreu com apenas 27 anos, mas manteve-se uma referência para muitos artistas na forma como apresentava as suas mensagens.


The Perks of Being a Wallflower

INTROVERTIDOS COM OUVIDO

The Perks of Being a Wallflower

Stephen Chbosky
Simon & Schuster

Encontravam-se em todas as escolas: estudantes muito reservados que passavam o tempo refugiados num walkman a ouvir as suas canções preferidas em mixtapes e a refletir sobre o lugar que lhes era reservado na sociedade. É um perfil recuperado nos jovens personagens de obras como The Perks of Being a Wallflower.


Autobiography

RENUNCIADORES DO MAINSTREAM

Autobiography

Morrissey
Penguin

Os ingleses The Smiths foram uma das mais influentes bandas de rock alternativo da década de 1980, inspirando milhares de jovens que não se reviam na cultura mainstream. Na sua controversa autobiografia, o cantor Morrissey descreve as suas experiências enquanto mentor involuntário de uma geração.


Down and Dirty Pictures

CINÉFILOS ANTI-HOLLYWOOD

Down and Dirty Pictures

Peter Biskind
Bloomsbury

No final da década de 1980 o cinema independente elevava-se a um estatuto até então inalcançado. Era o florescer de um movimento que veria cineastas mais alternativos, como Quentin Tarantino e Steven Soderbergh, distinguidos em Cannes e nos Óscares. Em Down and Dirty Pictures, Peter Biskind explica o apelo deste tipo de cinema.


Time Travel

VIAJANTES NO TEMPO

Time Travel

Jon Savage
Random House UK

Por acreditarem que as coisas já não se fazem como antes, muitas pessoas optam por rodear-se com a cultura do passado. E é precisamente isto que o jornalista Jon Savage possibilita em Time Travel, uma exploração nostálgica de fenómenos como The Clash, The Sex Pistols, David Bowie e Nirvana.


Born a Crime

NASCIDOS NO APARTHEID

Born a Crime

Trevor Noah
John Murray

O homem que substituiu Jon Stewart no leme do satírico The Daily Show nasceu na África do Sul, filho de pai branco e mãe negra, em pleno Apartheid. Em Born a Crime, Trevor Noah recorda uma época de segregação racial em que a sua mera existência representava um crime.


The Bonfire of Vanities

LOBOS DE WALL STREET

The Bonfire of the Vanities

Tom Wol„fe
Vintage

O dinheiro assume uma importância desmedida na sociedade desde que foi inventado, mas na Wall Street dos anos 80 era visto quase como uma religião. Exemplo deste perfil é Sherman McCoy, protagonista do clássico The Bonfire of the Vanities, que vê a sua vida como corretor abalada depois de atropelar um rapaz.


What a Carve Up

SOBREVIVENTES DE THATCHER

What a Carve Up!

Jonathan Coe
Penguin

Margaret Thatcher foi uma das principais figuras da década de 1980. As suas políticas conservadoras deram água pela barba a muitos ingleses e serviram de inspiração para várias obras. What a Carve Up!, de Jonathan Coe, é uma delas, aproveitando a história de uma família endinheirada para satirizar a realidade britânica.


Generation X

GERAÇÃO X

Generation X

Douglas Coupland
Abacus

Nascidos após a Segunda Guerra Mundial, os homens e mulheres da chamada Geração X caracterizavam-se pela incerteza que regia as suas vidas. O termo foi popularizado por Douglas Coupland em Generation X, um livro que reúne várias histórias sobre as peculiares características desta geração.


Berlin Now

PACIFISTAS PÓS-MURO

Berlin Now

Peter Schneider
Penguin

Em 1989, depois de quase 30 anos de existência, é finalmente derrubado o Muro de Berlim. O momento é relevante, não apenas para os alemães mas para uma geração que passa a privilegiar a tolerância e a paz entre nações. Em Berlin Now, Peter Schneider leva-nos a visitar a cidade de Berlim pós-Muro e mostra-nos o que aconteceu depois da guerra.


 

Gostou? Partilhe este artigo: